Ilha do Mel - Pr

 
<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/QgwPx5R_Blk" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
 
INFORMAÇÕES GERAIS
 
O clima é classificado como de transição entre Tropical e Sub- tropical, super úmido, sem estação seca, com as seguintes médias: (em graus centígrados)
 
 
Temp. média anual
 
21
 
Temp. média verão
 
25
 
Temp. média inverno
 
17
 
Média máxima
 
26
 
Média mínima
 
17
 
Umidade relativa do ar
 
85%
 
 
PRINCIPAIS DISTÂNCIAS
 
 
Encantadas - Farol
 
:    6 Km
 
Farol - Nova Brasília
 
:    2 Km
 
Nova Brasília - Fortaleza
 
:    4 Km
 
 
Pontal do Sul - Encantadas
 
: 4,2 Km ( 2,5  milhas náuticas)
 
Pontal do Sul - N. Brasília
 
: 5,5 Km (3,25 milhas náuticas)
 
Paranaguá - Ilha do Mel
 
: 25  Km ( 15   milhas náuticas)
 
 
O uso de tração animal ou motorizada é proibido - o transporte de bagagens é feito pelo próprio visitante ou por carretas tracionadas por carregadores nativos que cobram uma pequena taxa pelo serviço.
 
Não existem farmácias além dos Postos de Saúde. Medicamentos e cosméticos mais comuns são encontrados nas mercearias.
 
Caixas Eletrônicos somente no continente (Paranaguá e Pontal do Paraná)
 
Fora de temporada não é mantido o serviço de Salva-Vidas
 
Banhos de mar são perigosos próximos das pedras pois o refluxo das águas cava profundos buracos e provoca fortes correntes.
 
O turista deve chegar munido de repelente para insetos e lanterna à pilha, para facilitar seus deslocamentos noturnos, pois a Ilha ainda é um Paraíso em estado bruto, natural.
 
A Ilha do Mel não dispõem de Posto de Combustíveis. O abastecimento de barcos é feito em Pontal do Sul ou Paranaguá.
 
Praia ENCANTADAS
 
Localizada no extremo sul da Ilha, Encantadas concentra expressivas belezas naturais com abundância de morros rochosos próprios para esportes como caminhadas, paraglide e montanhismo, além de praias com águas límpidas e azuis para mergulho, esportes náuticos e esportes de areia.
 
Como atrativo principal Encantadas foi agraciada com a Gruta, um dos tesouros mais importantes da Ilha do Mel. Além da beleza mística e das lendas a seu respeito, sua composição mineral concentra espetacular energia salutar aos visitantes. Uma passarela facilita o acesso para o turista de terceira idade.
 
Outro atrativo é o Farol do Caraguatá, construído em local com um visual cênico dos mais bonitos, com navios passando "quase ao alcance das mãos".
 
Pousadas e restaurantes facilitam a permanência do turista em Encantadas, que conta, também, com uma Praça de Alimentação, na Praia de Fora, onde se realiza o forró da Ilha.
 
 
PRAIA GRANDE
Reduto que ainda conserva seus cenários praticamente intactos, é o preferido dos surfistas e de quem procura por simplicidade e despojamento.
 
 
TRILHAS
O acesso é feito pela Trilha do Belo, que começa à direita do Trapiche, passando pela área da Reserva Natural, e pela trilha do Airton que atravessa toda a área do Farol, em trajeto um pouco mais longo, até os locais de hospedagem.
 
 
FAROL
Com muitas pousadas e restaurantes, oferece variadas opções de facilidades para a permanência dos visitantes. O terminal de embarque e desembarque abriga Sala de Artesanato, um núcleo de informações, bar e Posto do Instituto Ambiental. Além das praias para o lazer de banhistas, possui a Praia de Fora bastante procurada para a prática do surfe. A maior atração é o Farol das Conchas, o qual domina, do alto do Morro das Conchas, uma magnifica paisagem. Longe, ao fundo, os paredões íngremes e azulados da Serra do Mar. A distâncias cada vez menores a imensa planície costeira, rasgada pelos rios de marés e recortada pelos contornos graciosos da Baía de Paranaguá. Ao redor, e abaixo, a Ilha do Mel com seus morros isolados interligados por restingas de areia.
Trilhas conservam o aspecto selvagem.
 
 
 
FAROL DAS CONCHAS
O Farol foi construído em 1870 por determinação do Barão de Cotegipe (Ministro da Marinha do Império), pelos Construtores P. & W. Macleblon de Glasgow, tendo Zózimo Barrozo como engenheiro responsável. Começou a funcionar em 1872. Atualmente é alimentado por energia solar. Originalmente havia uma edificação de alvenaria com espessas paredes brancas, assoalho de cedro e o forro de imbuia. Acima da porta havia uma placa de bronze comemorativa.
Lamentavelmente, a casa do faroleiro (monumento histórico) foi demolida sem que se saiba por que.
 
 
A PRATICAGEM
 
Desde o início da navegação no período colonial sempre houve problemas com a entrada de veleiros na barra da Baía de Paranaguá. Apenas os navegantes experientes dois séculos XVI e XVII e, principalmente, os piratas do século XVIII, conseguiam transpor os trechos dificeis do canal de acesso. No entanto, sempre existia alguém disposto a guiar as embarcações barra adentro.
O prático é quem conhece os caminhos tortuosos da barra e todas as passagens para levar com segurança os navios ao porto e trazê-los de volta ao alto mar.
Era só o navio apitar, e o prático saía ao mar a qualquer tempo, sol ou chuva, de dia ou de noite, com mar calmo ou revolto, para assumir a roda do leme e o "comando do navio", evitando escolhos rochosos e bancos de areia do sinuoso canal de sueste.
No início os práticos trabalhavam independentemente com suas canoas de madeira de um só tronco, depois associaram-se, passando a usar lanchas possantes.
O canal sueste, utilizado a mais de 200 anos, apresenta numerosos problemas e perigos para a navegação, devido à sua pequena largura entre as ilhas do Mel e das Palmas e, em certos pontos, profundidade de 6 m. Foi abandonado com a abertura do canal sul em 1979.
Anteriormente ao uso da barra sul, os práticos mantinham nas imediações do Morro das Conchas um posto de rádio e casa para sua estadia ou pernoite na ilha quando levavam ou traziam navios de Paranaguá.
 
NOVA BRASÍLIA
 
Nova Brasília deve seu nome, segundo alguns moradores, a um antigo morador chamado Diamantino Cruz da Silva, talvez nascido na Ilha, talvez vindo de outro lugar, que na época em que se construía a Capital Federal edificou sua morada neste local e passou a chamá-la Nova Brasília, nome que soou com simpatia para seus vizinhos.
 
Este é o lugar que mais sofreu os efeitos da erosão dos últimos anos, que reduziu sua área e provocou o desmoronamento da maioria das edificações que existiam, provocando o deslocamento de seus moradores e a desativação de restaurantes, pousadas e campings.
 
 
 
Estando a apenas 2 Km da região do Farol compartilha as atrações deste lado da Ilha. Até a Fortaleza são 4 Km.
 
FORTALEZA
 
No mais antigo ponto de veraneio da Ilha, famílias tradicionais de Curitiba e do Litoral foram os primeirosa desfrutar das delícias oferecidas.
Ali se encontra a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, construída por volta de 1766 pela necessidade de proteger a Vila de Paranaguá contra o avanço das tropas espanholas que já haviam invadido a ilha de Santa Catarina (hoje Florianópolis, SC). Ainda hoje conserva armamentos da época e no topo do Morro das Baleias está localizado o labirinto e os canhões da casamata construída na 2aa. Guerra Mundial e um mirante, de onde se pode deslumbrar um dos mais belos visuais da Serra do Mar. Com praias maravilhosas e próprias para a prática de windsurf e outros esportes náuticos, a Fortaleza é um local muito calmo e tranqüilo.
Possui pousadas bastante acolhedoras e o único hotel existente na Ilha do Mel.
Marcohistórico da Ilha, a Fortaleza conta em suas páginas o episódio épico do Cormorant, mesclado do forte espírito independente da gente brasileira com o atávico sentido de comércio escravagista dos nossos colonizadores.
 
 
OUTRAS ATRAÇÕES
 
 
Além de Encantadas, Farol, Nova Brasília e Fortaleza, a Ilha do Mel possui mais uma série de locais muito interessantes para serem conhecidos. Praias desertas, como a Praia do Miguel ou a Praia do Belo; vistas deslumbrantes, como na Ponta da Nhá Pina; pequenas ilhas próximas, como a Ilha da Galheta e a Ilha das Palmas; os botos da baía de Paranaguá vistos na Ponta do Cemitério; a exuberante vegetação, em locais selvagens, como a Ponta Oeste, são espaços que ainda estão sendo descobertos pelos visitantes da Ilha.
Por serem lugares onde a natureza ainda está bem preservada, são espaços que devem ser visitados com todo o cuidado, para não destruir nem influir no delicado equilíbrio que ali existe.
Afinal a Ilha é tão linda que merece ser preservada para nossos filhos
 
 
Fonte: Ilha do Mel On Line