Maceió - Al

 

Descrição

Maceió é a capital com a orla urbana mais bonita do Nordeste. O melhor trecho é a trinca formada por Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca. Ali, o mar esverdeado compõe a paisagem com piscinas naturais, as melhores barracas para comer sururu, bons hotéis, restaurantes estrelados e um calçadão repleto de esportistas. À noite o movimento não cessa: sob o ritmo de bandas e música eletrônica, as principais cabanas de praia da cidade, Lopana e Kanoa, em Ponta Verde, ficam lotadas. Longe do Centro, a costa de Maceió tem praias ainda mais belas – e tranquilas. Pratagi e Ipioca estão ao norte, seguindo pela BR-101. No sentido contrário, no caminho para o litoral sul do estado, o Pontal da Barra recebe apreciadores do tear, que compram as peças direto dos artesãos.

COMO CHEGAR

O Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, a 25 km da orla urbana, recebe voos de capitais. De lá parte um circular (Tropical 82/3354-2043, R$ 2,30; saídas diárias, de segunda a sexta-feira, a cada 30 minutos, sábado e domingo, a cada hora) para Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca. Táxis cobram R$ 50, em média, pela viagem. Quem vem de ônibus chega ao Terminal Rodoviário João Paulo II, perto do Centro. De carro, a Rodovia BR-101 (está em duplicação) liga Maceió a Aracaju, Recife, João Pessoa e Natal.

 

Informações Gerais

Site: turismo.maceio.al.gov.br
População: 932.608 hab
DDD: 82

Distância de outras cidades: Recife, 266 km, Aracaju, 283 km, Salvador, 604 km, Brasília, 1973 km, Rio de Janeiro, 2135 km, São Paulo, 2444 km

 
Uma das cidades mais visitadas do Nordeste , Maceió é um lugar aconchegante e muito próximo a natureza, com suas praias de águas claras e areias branquinhas . A parte histórica de Maceió conta muito dos engenhos, coronelismo e escravidão dos tempos antigos . Vá a Maceió e sinta em seu coração as belezas naturais e culturais desta região . 
 
Praia de Pajuçara ( 2,5 Km) : Aproximadamente 2,5 Km do centro da cidade, é a mais conhecida praia de Maceió . O mar pontuado de arrecifes , é tranqüilo e ideal para o banho . Na maré baixa, formam-se piscinas naturais . É na praia de Pajuçara que se encontra a maior concentração de bares e restaurantes da cidade . Diariamente uma feirinha de artesanato funciona no calçadão a beira mar . Uma das grandes atrações da praia são os passeios de jangada , diversos jangadeiros fazem a travessia até os arrecifes mais distantes , 2 Km da costa . O trajeto dura 20 minutos , mais os passageiros podem ficar o tempo que quiserem nas piscinas . 
 
Ponta Verde :Uma ponta de terra que segue na direção do mar, coberta por coqueirais . Por causa desta característica recebeu o nome de Ponta Verde , uma das praias mais badaladas do litoral alagoano .Na maré baixa os banhistas aproveitam a tranqüilidade das piscinas naturais . A praia tem pista de ciclismo e de cooper, aparelhos de ginástica, chuveiros, bares e restaurantes. Esportes náuticoscomo Windsurf são bastante praticados no local . 
 
Lagoa Mundaú ; Situada no litoral sul de Alagoas, margeia os municípios de Maceió, Santa Luzia e Coqueiro Seco . A Lagoa de Mundaú tem aproximadamente 23 Km quadrados e interliga-se com o mar atrvés de uma extensa rede de canais, que cortam a planície costeira formando pequenas ilhas . O manguezal tem grande variedade de crustáceos e moluscos , servidos em bares ao redor da lagoa 
 
 
 
Barra de São Miguel ( 34 Km ) : O município de Barra de São Miguel é um dos mais badalados pontos turísticos e de veraneio do litoral alagoano . A Praia da Barra ,aproximadamente 34Km de Maceió tem águas límpidas rodeadas de arrecifes formando uma grande piscina , bastante freqüentada para prática de esportes como mergulho e passeios de caiaque . Mais ao norte a Praia do Meio é adequada para o surf , e um traslado de barco leva a selvagem praia do Gunga. 
 
Praia do Francês : A famosa praia já foi conhecida como porto dos franceses, por causa do contrabando de Pau Brasil , à época da colônia . Localizada a 24 Km do centro de Maceió , tem parte do mar protegido por arrecifes e que propociona águas mansas e piscinas naturais .A região de mar aberto e ondas fortes é bastante freqüentada por surfistas . Com boa infra estrutura, oferece muitas opções de restaurantes , hotéis pousadas e casas de artesanatos . 
 
 
 
Teatro Deodoro : Desde a data de sua inauguração em 15 de novembro de 1910 , o teatro , de linhas clássicas sofreu algumas descaracterizações . A recente reforma , realizada este ano , recuperou a beleza original e, ao mesmo tempo modernizou o prédio que já voltou a ser utilizado para espetáculos . Com capacidade para 750 pessoas , o Teatrp Deodoro tem excelente acústica , utilizando placas divisórias de fibras , cimento e outros materiais . 
 
Catedral Metropolitana : Por causa de sucessivas reformas , tem composição arquitetônica diversificada , mais guarda a imponência e a beleza que a caracterizam . Oficializada como catedral pelo Papa Leão Xlll, teve sua construção iniciada em 22 de novembro de 1840 , foi concluída 19 anos depois , sendo inaugurada por D. Pedro ll no dia 31 de dezembro de 1859 .
 
Museu do Instituto Histórico e Geografico de Alagoas : No museu , encontra-se o mais rico acervo afro-brasileira do país . Possui objetos da cultura afro do começo do século , utensílios indígenas, armas que pertenceram ao capitão Virgulino , o Lampião , e peças de grande valor histórico . 
 
Museu Pierre Chalita : A maior parte do museu é dedicado a arte sacra . O acervo tem imagens do século Xvll , Xvlll e XlX , em sua maioria nordestinas. Peças antigas de cerâmicas, pratarias, mobiliários e pinturas brasileiras e estrangeiras também pode ser vista . 
 
Mercado de Artesanato : O mercado abriga 250 lojas de artesanato, com grande variedade de produtos em couro, bordados, redes, cerâmicas e moda praia . No pátio de eventos, freqüentemente são realizados shows folclóricos . 
 
PRAIA DO SONHO VERDE E LITORAL NORTE: Praias lindísssimas, com muitos coqueirais, transformam a região num dos recantos mais bonitos do litoral brasileiro. Este trecho do litoral alagoano é conhecido como Costa Esmeralda, pelo verde intenso das águas do mar. 
 
FOZ DO SÃO FRANCISCO: o encontro das águas do velho Chico com o mar formam um dos mais bonitos cartões-postais do nordeste. 
 
ILHAS DA LAGOA DE MUNDAÚ: aproveite para navegar entre as inúmeras ilhas da Lagoa de Mundaú, a mais importante do Estado de Alagoas. 
 
DUNAS DE MARAPÉ: complexo turístico próximo a Maceió, com lindas praias, muitos coqueirais 
 
PRAIA DO GUNGA: uma das mais bonitas praias do nordeste. Águas cristalinas, protegidas por barreiras de arrecifes, tornam a praia uma verdadeira piscina natural. Aproveite para mergulhar, passear de jet-sky, lancha, pára-quedas puxado por lancha e muito mais! 
 
PRAIA DE PARIPUEIRA: belíssima praia, localizada no litoral norte, área de preservação marítima, onde em pequenas embarcações se alcança um rico conjunto de corais. Monitorado por oceanógrafos, pode-se praticar mergulho de superfície para apreciar as inesquecíveis colônias de corais. 
 
PRAIAS DE MARAGOGI: imperdível passeio pelas lindas praias na divisa dos estados de Alagoas e Pernambuco. Praias com extensos coqueirais e grandes formações de areia branca, de bancos de areia (galés) e recifes de corais. Passeios náuticos, ultraleves. Não deixe de experimentar 
 
 
 
MACEIÓ 
PARAÍSO DAS ÁGUAS 
Considerada uma das mais badaladas cidades turísticas do País, Maceió, capital do Estado de Alagoas, está na preferência de turistas brasileiros e estrangeiros, que ficam extasiados com a beleza dessa cidade vocacionada para o turismo. 
O que mais chama à atenção de quem chega a Maceió, hoje com uma população perto dos 800 mil habitantes, são as suas praias - cuja cor do mar varia, ora é verde, ora azul - e o sol, companheiro inseparável quase o ano inteiro, o que faz com que as águas permaneçam sempre mornas. Maceió possui uma infra-estrutura turística invejável: hotéis, de uma a cinco estrelas, pousadas e albergues, grande parte na orla marítima, afora restaurantes e bares (a maioria com música ao vivo), estrategicamente instalados na Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Stella Maris., a capital de Alagoas, é uma cidade moderna, cheia de edifícios em construção, notadamente nos bairros da orla marítima, - ponto de encontro de maceioenses e turistas 
Considerada um dos maiores pólos turísticos brasileiros, recebendo turistas de vários países da América do Sul(a maioria da Argentina) e da Europa, a capital alagoana tem nas praias o seu principal atrativo natural, 
e com uma vantagem: são totalmente urbanizadas, próximas do centro comercial, e dotadas de infra-estrutura, em se tratando de restaurantes e bares, que servem comidas deliciosas à base de frutos do mar, a cidade conta também com boates , casa de shows, cinemas , teatros, etc, que apresentam atrações nacionais e locais 
Praia de Ponta Verde, cartão potal da cidade. 
ROTEIRO TURÍSTICO 
 
Cantada em verso e prosa, a praia da Pajuçara é o cartão-de-visitas de Maceió. Lá estão os "Sete Coqueiros", símbolo da cidade, e uma piscina natural, a 2 quilômetros da costa, formada por arrecifes, quando a maré baixa. Para chegar lá é fácil, basta procurar o box dos jangadeiros, próximo ao Sebrae da orla. O passeio é imperdível. À medida que a pequena embarcação, com velas coloridas, desliza sobre as águas mornas da Pajuçara, vislumbra-se um bonito panorama da cidade. 
Ponto de partida para o passeio na piscina natural. 
Na piscina, as pessoas desfrutam de momentos inesquecíveis: batem-papo com amigos, brincam, bebem , cerveja, cachaça, sucos e coquetéis de frutas, e degustam peixes, camarões, agulhas fritas e outros petiscos. Vale ressaltar que, objetivando proteger e preservar os corais e evitar depredações aos ecossistemas do local, uma comissão formada pelo (IMA) Instituto de Meio Ambiente, (SPU) Secretaria do Patrimônio da União, Capitania dos Portos, Federação dos Pescadores, Federação de Vela e Motor entre outras entidades, formalizou um documento disciplinando quantidade de angadas na piscina, orientando para o acondicionamento correto do lixo e proibindo a retirada de qualquer biodiversidade marinha, como também a delimitação para ancoragem de jangadas e lanchas. 
Praia da Sereia, litoral norte de Maceió. 
Partindo da Pajuçara, em sentido norte, está localizada a vizinha Ponta Verde, o point de maceioenses e turistas, onde o que não falta é gente bonita. O ponto de maior concentração é em frente aos hotéis Ponta Verde e Maceió Mar, ideal para paquerar. Nos barzinhos da orla, alguns com música ao vivo, o movimento é intenso, notadamente nos fins de semana. Seguindo na mesma direção, está a praia de Jatiúca, também bastante freqüentada, onde se localiza o Hotel Jatiúca, um dos mais bonitos de Maceió, edificado entre a lagoa da Anta e o mar. Seguindo em frente, vem a praia de Cruz das Almas, onde está localizado o Matsubara Hotel, o primeiro cinco estrelas de Alagoas. Depois, vem Jacarecica, Guaxuma, Garça Torta, Riacho Doce e Mirante da Sereia, essa última bastante procurada pelos turistas. 
 
COSTA DOS CORAIS 
Subindo o litoral norte, lagoas exibem barreiras de corais, que criam praias calmas e infindáveis piscinas naturais. Águas que convidam aos passeios e aos extasiantes mergulhos. Na sua viagem pelo paraíso desta Costa dos Corais, você também vai encontrar o tom verde dos coqueiros se espalhando pelo chão, rios chegando à praia, cortando a mata e os manguezais. Pode-se encontrar até o peixe-boi marinho voltando do mangue. Além de boa comida, folclores, história, cultura. E um povo que vai ficar feliz em ver você chegar. 
O litoral norte de Alagoas possui um enorme potencial direcionado ao turismo ecológico, de sol e praia, eventos e náutico. Os recifes de coral destacam-se como um dos mais importantes atrativos. Devido a sua importância, foi criado a Área de Proteção Ambiental Marinha Costa dos Corais. Nesses ambientes, o turista poderá observar uma rica biodiversidade marinha, e com o manejo adequado à atividade turística será fundamental para a conservação deste fantástico ecossistema. 
 
COSTA DOS COQUEIRAIS 
Seguindo viagem para o sul, surgem as principais lagoas, entre elas o complexo Mundaú-Manguaba. Além de belas praias, o visitante encontrará falésias, manguezais, rios e quilômetros de coqueirais. 
O litoral sul, exuberante por suas lagoas, manguezais, estuários e falésias, apresenta um potencial turístico diversificado no contexto histórico, cultural e ambiental. Os densos coqueirais emolduram suas belas praias, de águas mansas, protegidas por arrecifes, algumas ainda não exploradas turisticamente. A Região também possui um lindo artesanato e uma culinária predominantemente à base de frutos do mar. 
 
DELTA DO VELHO CHICO 
O Rio São Francisco, ou Velho Chico, como é carinhosamente chamado, constitui a principal fonte de riqueza dos municípios envolvidos. Paisagens ambientais, como as alvíssimas dunas do Pontal do Peba e extensa área de várzea, conhecida como pantanal alagoano, são grandes atrativos. O patrimônio histórico-cultural da região tem a marca dos colonizadores portugueses, holandeses e missionários franciscanos. Nos últimos quilômetros do Velho Chico, na sua caminhada para o mar, a herança dos primeiros habitantes e a preservação do ambiente natural convivem harmoniosamente; os pescadores e seus barcos, as ilhotas, os canais, compartilham com turistas esse pedaço do Paraíso.