Tanzânia

Descrição

O país africano é a escolha certa para quem gosta de explorar a natureza. Dividida em 26 regiões, a nação inclui o arquipélago de Zanzibar, repleto de belas praias e onde fica a Cidade de Pedra, um antigo centro comercial que forma um verdadeiro labirinto de construções históricas. Arusha, a capital da região de mesmo nome, está próxima a algumas das melhores atrações. É obrigatório fazer um safári pelo Serengeti, que se desdobra em parques nacionais e concentra grande quantidade de mamíferos. Lá, uma operadora oferece ainda vôos de balão. A cratera do Ngorongoro, uma das maiores caldeiras – uma estrutura vulcânica que colapsou – intactas do mundo, pode ser considerada um dos lugares de beleza natural mais incríveis da Tanzânia. Entre estes dois pontos, vale fazer uma parada no Parque Nacional Lago Manyara, localizado abaixo de penhascos. Pássaros coloridos e as árvores baobá são alguns dos encantos do local. Há a opção de encarar uma expedição para escalar pontos como o Monte Kilimanjaro - o ponto culminante da África com seus 5985 metros de altitude e cada vez menos 'eternas´ neves de seus picos -, e o Monte Meru, numa experiência memorável. No Parque Nacional de Tarangire, mais dois bons exemplos da imensidão das savanas africanas e da diversidade da vida selvagem.

Para explorar o país muitos turistas não abrem mão do conforto de bem equipados lodges, com todo tipo de estrutura para receber bem os endinheirados que participam dos safáris em busca de belos animais como elefantes, guepardos, leões e búfalos, além de manadas gigantescas de gnus, zebras, impalas e antílopes.

No entanto, uma das mais gratificantes experiências dessa jornada é conhecer um pouco da cultura e costumes do povo masai. O estilo de vida desses pastores vem sendo tolhido por medidas governamentais que os impede de adentrar suas terras ancestrais (para proteger a região do Ngorongoro, diga-se de passagem) e o que resta são bizarras excursões turísticas para ver suas danças. Seja participando desses passeios ou tendo experiências mais autênticas, é bom reservar respeito a esses bravos homens e mulheres das savanas.

COISAS PELA QUAL A TANZÂNIA É FAMOSA...

A grande migração de animais do Serengeti, o monte Kilimanjaro, o delicioso café, a cratera do Ngorongoro, as ilhas de Zanzibar e... Farrokh Bulsara, um cantor local mais conhecido por seus fãs como Freddy Mercure.

COMO CHEGAR

O trajeto mais prático para chegar à Tanzânia é voar até Johannesburgo, na África do Sul, e depois pegar uma conexão para Nairóbi, no Quênia. A passagem para fazer toda essa rota custa dese US$ 1682 na South African Airways. De lá, a melhor opção é ir de carro até Arusha - ou, então, pegar algum voo de companhias menores, como a Precision Air.

 

CIDADES: ARUSHA

Localizada no norte da Tanzânia sob o Monte Meru e nas proximidades do Kilimanjaro, a capital da região homônima é hoje um grande centro africano de diplomacia e negócios e luta para reduzir a pobreza. Destaca-se mesmo por ser a porta de entrada para os turistas que pretendem fazer safáris pela região. Hotéis mais simples e alguns luxuosos (e incríveis) compõem a estrutura de hospedagem por ali. O Parque Nacional de Arusha, por exemplo, tem uma área pequena em comparação aos demais, mas oferece belíssimas paisagens e espécies de animais que habitam o Monte Meru. Rendem boas fotografias uma passagem pelo conjunto de lagos Momela e pela Cratera Ngurdoto. Aqueles que encararem uma escalada até o pico do Meru serão recompensados com uma arrebatadora vista do Kilimanjaro. Localizado no coração do Grande Vale Rift - que atravessa Quênia, Tanzânia e boa parte da África oriental, sua esplendorosa visão é um dos pontos altos da viagem. A cerca de uma hora de Arusha fica o célebre Serengeti, um dos parques nacionais mais conhecidos e exuberantes do país. Suas terras abrigam mais de 500 espécies de aves e mamíferos, como macacos, girafas, leões e búfalos.

CIDADES: ZANZIBAR 

Zanzibar é um conjunto de ilhas ao largo da costa da Tanzânia, possuindo um status semi-autônomo. O arquipélago é formado pelas ilhas Zanzibar e Pemba, e por uma miríade de ilhotas que as cercam. A principal cidade da área também é conhecida como Zanzibar, e sua Stone Town foi declarada como patrimônio da humanidade pela Unesco. Sua arquitetura única, um cruzamento entre influências árabes, hindus, africanas e europeias, possui um ar harmônico, típico dos portos mercantes da África Oriental, muito utilizados no tráfico de escravos.

Apesar do rico passado mercantil e histórico, suas belíssimas praias de areias brancas (e isso não é uma figura de linguagem) e mar azul (idem) são a grande atração da região. Sendo uma área de forte influência muçulmana, é recomendado ser discreto e seguir algumas regras de convivência.

 

Informações Gerais

Sitewww.tanzaniatouristboard.com/
População: 45.000.000 hab
Código de área: +255
Fuso horário: 6h (horário de Brasília)
Localização: África
Moeda: Xelim tanzaniano
Visto: O visto é emitido na chegada ao país. Os documentos necessários são passagem de volta, pagamento de taxa, passaporte válido e reseva de hotel.
Embaixada no Brasil:
SHIS QI 09 conjunto 16 casa 20 - Brasília - DF
(0xx61) 3364-2629 / 0419 
tanrepbrasilia@yahoo.com.br