El Calafate

Turismo em El Calafate  

El Calafate, esta simpática vila às margens doLago Argentino, uma espécie de Campos de Jordão da Patagônia, recebe os visitantes com excelentes hotéis, boa gastronomia e muitas lojinhas para compras de artesanato e roupas de inverno. Localizada na província de Santa Cruz, berço político de Néstor Kirchner, que governou a Argentina de 2003 a 2007, conta com excelente estrutura e vem se popularizando cada vez mais entre argentinos e forasteiros. Cara e lotada durante os meses de verão, a cidade serve como ponto de partida para visitar o principal símbolo natural da região, o glaciar Perito Moreno, declarado pela Unesco Patrimônio Natural da Humanidade. El Calafate, cujo nome vem do bravo arbusto que sobrevive nessas paragens, também é base para explorar outros destinos na região, como Torres del Paine, no Chile, e El Chaltén, cujos montes Fitzroy e Torre atraem alpinistas de todo o mundo.

COMO CHEGAR

Para chegar à região a partir do Brasil, é preciso voar para Buenos Aires – ou Santiago, no Chile. A Aerolíneas Argentinas (http://www.aerolineas.com.ar/) é a empresa com mais voos para El Calafate partindo de Buenos Aires, Trelew, Bariloche e Ushuaia. Para viagens de carro, a via principal é a Ruta 40, que a liga a cidades como El Chaltén.

COMO CIRCULAR

O Aeropuerto Internacional Calafate está a 23 quilômetros da cidade e um táxi custa em torno de US$ 7. Por ser compacta, El Calafate pode ser explorada a pé, apesar de alguns hotéis e das atrações estarem afastados do Centro. A cidade conta com várias locadoras de carros, os ônibus são frequentes e há agências que organizam os passeios.

ONDE FICAR

El Calafate possui diversos hotéis e pousadas, com os mais diversos níveis de conforto. Há lodges que imitam o estilo de antigas estâncias do século 19, luxuosos e espaços resorts com vista para o Lago Argentino, completos, com spa e restaurante, e simpátivas pousadinhas familiares um pouco mais afastadas do centro, mas com todos os confortos necessários: banheira, aquecimento, TV e grandes camas.

ONDE COMER
Opções de restaurantes é o que não faltam na cidade. A maioria das casas estão concentradas na Avenida Libertador San Martín e arredores. O prato de resistência, onipresente em boa parte dos estabelecimentos, é o cordeiro assado em fogo de chão, uma iguaria local. Peça como entrada algumas empanadas, complemente tudo com um vinho argentino e arremate a refeição com qualquer coisa com doce de leite. Você irá ao céu. Há muitos restaurantes com especialidades italianas, com pizzas e massas, ótimas para aqueles que precisam de bastante energia para aguentar o tranco das caminhadas e atividades ao ar livre. Cafés, bares e lanchonetes também ficam na mesma área.
 
Fonte: Viajeaqui
 
Passeios:
A interpretação histórica Centro do Calafate
 
 
 
 
A interpretação histórica Centro Calafate é uma exposição permanente de história natural e humana do passado 100 milhões anos na Patagônia. Aqui desenvolvemos a evolução de três grupos de animais fascinantes dinossauros, mamíferos e Mega Humanos.

Sua apresentação, que combina fósseis, montagens, objetos, imagens e vídeos, incluindo a tradução para Inglês, Francês, Italiano e Português. Todos exibidos sem janelas ou obstáculos em um moderno e inovador
Nosso objetivo é a difusão de conhecimentos científicos actuais de Patagônia . Como a pesquisa e preservação do património e da memória. Portanto, temos sido atribuído o Museu Patrocínio Científico de Ciências Naturais de La Plata UNLP.

Estamos localizados a 4 quarteirões do centro comercial da cidade, perto da Laguna Nimez , reserva de pássaros natural. Temos à disposição uma biblioteca, uma cafetaria e uma pequena boutique para comprar artesanato relacionados com a história e desfrutar de um delicioso chá de calafetar ou um companheiro.

Se você tem pouco tempo você pode visitar o Centro de Interpretação Histórica de aproximandente uma hora, mas se seu interesse é mais você pode ficar o tempo que você quer, e que a sobrecarga de informação é importante.
 
Balcon del Calafate
 
 
 
 
Ascendente Cabo Huiliches, você chegar a um ponto de vista localizado a aproximadamente 900 mts. altura de nossa cidade, cercada por formações rochosas fantástico onde você pode ver a evolução geológica da área.

A duração do passeio é de 3 horas, deixando em vários momentos ao longo do dia
 
Chalten
 
 
 
 
El Chaltén é a cidade mais recente da Argentina. Fundada em 1985 para manter a soberania da Argentina sobre territórios na disputada fronteira patagônica com o Chile.

Esta cidade, que no inverno tem 500 habitantes, é um dos principais destinos para montanhistas e amantes do trekking de todo o mundo, na temporada de verão. Eleita a capital do trekking da Argentina, atrai os turistas pelas magníficas montanhas, lagos e glaciares. Porém é ainda mais importante centro de atração de montanhistas. Suas montanhas, desde a década de 1940, atraem os mais destacados praticantes desse esporte, que fascinados por suas paredes de rocha e gelo, vinham para esse ponto da cordilheira Andina sem cidade de apoio próxima.

As montanhas mais procuradas da região são: o Cerro Fitzroy, ou El Chaltén, que deu o nome à cidade; e o Cerro Torre, considerado por muitos a montanha mais difícil do mundo.
Colina Frías
 
 
 
 
Você sobe o morro, ao lado da Península Magallanes, perto da Península Magallanes, de cujo cume pode ser visto em dias claros, o Fitz Roy e Maciço do Paine.
Por todas estas opções, os horários de saída são às 9:30 e 17 pm.


 
Fazenda
 
 
 
 
Estancia Cristina
Estancia Cristina:visita no coração do Parque Nacional Los Glaciares, a Patagônia é uma experiência genuína. É também a única chance de ver o gigante Upsala Glacier.
Upsala Glacier forma uma língua de gelo de 50 km. de comprimento, 10 de largura e algumas centenas de metros de espessura. Em seu núcleo há uma faixa longa e escura que é um meia Morena, uma coleção de rochas, areia e argila transportados por geleiras menores, afluentes do Upsala, que ficaram presos dentro dele para fundir duas línguas de gelo.

Estancia Helsingfors
Nas margens do Lago Viedma , no Parque Nacional Los Glaciares, Helsingfors pousada é um rancho velho agora renascido como tema pousada, um oásis no meio das geleiras, montanhas e deserto. Exclusivo para os viajantes com gostos refinados.
Não é fácil para Helsingfors. E é muito difícil descrever a atmosfera que cerca este canto escondido da Patagônia. Mas o que é verdadeiramente impossível esquecer os momentos que passa lá. Então, se você pode poupar alguns dias extra para a sua visita a losglaciares, sem dúvida, optar por passar, pelo menos, três noites no

Nibepo Aike
O Nibepo Aike é um marco histórico, fundado no início do século XX, às margens do Lago Argentino. Em rota de El Calafate para Nibepo Aike são cruzados caminhos na estepe patagônica e observar várias das fazendas cedo, o tradicional "fazendas da Patagônia".
Há duas opções de programação: 09:00-03:00, com almoço, ou quatro horas - dez horas, com cena.ee como a carga de informação é importante.
Floresta Petrificada
 
 
 
 
Ser parte de El Calafate junto Route No. 5 Provincial para o leste, depois para o norte na Rota Nacional n º 40. Durante a viagem você pode ver o Lago Argentino, Santa Cruz do Rio, o Rio La Leona, com vista panorâmica da Cordilheira dos Andes, incluindo o Fitz Roy.

Cerca de 15 minutos parada no Hotel La Leona e continuar para oeste ao longo da margem sul do Lago Viedma ao pé do Cerro Los Chifre fazer uma caminhada de cerca de 3 horas à procura de fósseis do mesmo e troncos petrificados. Almoço no site. Nós começamos o retorno, chegando a El Calafate cerca de 19 hrs.

Duração: Todo dia. Inclui guia de transporte, de ônibus e caminhadas, materiais informativos.
Dica: sapatos confortáveis​​, roupas quentes, chapéu, protetor solar, lanche e garrafa de água.
 
Geleira Perito Moreno
 
 
 
 
A Geleira Perito Moreno localiza-se na Argentina e está situada entre os 47º e 51º de latitude sul. Ela se estende desde o Campo de Gelo Patagônico Sul, na fronteira entre Argentina e Chile, até o braço sul do Lago Argentino, possuindo cinco quilômetros de largura e 60 metros de altura. Seu nome é uma homenagem a Francisco Pascasio Moreno, criador da Sociedade Científica Argentina e um renomado pesquisador da região austral daquele país. O glaciar é considerado uma das reservas de água doce mais importantes do mundo.

É uma das geleiras mais imponentes e já foi chamada de a "oitava maravilha do mundo", devido à vista que se tem de seu topo. Localizada em uma zona rodeada por bosques e montanhas, está dentro do Parque Nacional Los Glaciares, criado em 1937 na Província de Santa Cruz, localizada ao sul da Argentina. Esse parque, de 724.000 hectares possui um total de 356 geleiras.

Em diversos pontos de sua extensão, a geleira represa as águas do Lago Argentino, fazendo com que esse atinja uma altura de até 30 metros. Neste ponto a água começa a fazer pressão sobre o gelo. Essa pressão cria um túnel com uma abertura de mais de 50 metros, por onde as águas do Rio Braço acabam descendo até o Lago Argentino. A pressão da água provoca um desabamento na borda da geleira, formando um espetáculo incrível. Esse processo se repete ao longo de intervalos irregulares: o último desabamento ocorreu em 9 de julho de 2008. Os anteriores em 13 de Março de 2006, dois anos após o desabamento ocorrido em 2004, sendo que o anterior ocorreu somente 16 anos antes, em fevereiro de 1988. Os turistas podem observar o fenômeno a 200 metros de distância, em instalações especialmente construídas para este fim. Este último desabamento foi presenciado por cerca de vinte felizardos.

Também é possível caminhar sobre a geleira, desde que se use sapatos e roupas adequados e acompanhado de guias especialmente treinados.
 
Geleira Upsala
 
O geleira Upsala é um grande glaciar que cobre um vale composto e alimentado por vários glaciares, no Parque Nacional Los Glaciares, Argentina. O seu nome se deve ao fato da Universidade de Uppsala (antiga ortografia: Upsala), da Suécia, ter realizado o primeiro levantamento da região no século XX.

Seus campos de gelo cobrem uma extensão de 765 km². O glaciar possui uma extensão de 53,7 km, sendo o terceiro mais longo da América do Sul (após o Pio XI e o glaciar Viedma), e suas paredes alcançam a altura de 40 metros em média.

Flui desde o Campo de gelo do sul da Patagónia, o qual também dá origem ao Glaciar Perito Moreno que se encontra na mesma área, até o Lago Argentino.

O glaciar Upsala se encontra em retrocesso, que pode ser uma evidência de ciclos climáticos e geológicos desconhecidos ou de aquecimento global.

 
Lago Roca
 
Glaciar Perito Moreno
Entre El Calafate e Perito Moreno Glacier é uma distância de 80 km. Os gateways podem ser visitados Glacier obter visões diferentes da frente. Ao longo do passeio, os visitantes encontrarão estandes com informações sobre o guarda-parques como não só a função de preservar o local, mas para informar os turistas.

Safari Nautico
O passeio é uma viagem através do lago para apreciar o cara rico sul da geleira. Embarque ocorre no porto localizado no Lower Bay of Shadows, tendo várias frequências no dia.

Navegando pelo Canal Icebergs
Ele consiste de uma navegação na margem direita do Glaciar Perito Moreno assistindo os icebergs do glaciar.

Viagem ao Centro Glacier
Ele começa a partir do Porto de Sombras Sob atravessar o Rico e depois aterrar na Costa Oeste. Os guias de montanha vai levar você para a geleira para colocar o crampons e começar a travessia. A trilha percorre a morena sul da geleira para encontrar um ponto de vista, onde você entrará no gelo. A duração do passeio é de 3 horas sobre o glaciar, procurando lagos e fendas profundas. Esta excursão, devido às exigências físicas e dificuldade só é adequado para pessoas entre 18 e 45 anos de idade.
Cavalgando para Punta Bonita
 
 
 
Se parte de la Estancia Lago Roca, situada a 42 kilomteros de El Calafate, por Ruta Provincial nro 15 bordeando el Rio Rico hasta el Puesto la Carreta, regresando se toma altura observando el Glaciar Perito Moreno desde un Punto Panoramico
Cruzamentos 4x4
 
 
 
El Calafate Varanda:
Travessias de 4x4 pode ser feito neste caso vindo de El Calafate ascendente até 1050 metros acima do nível do mar, chegando a uma varanda, onde você pode primeiro duisfrutar uma vista panorâmica de El Calafate e Lago Argentino. Continue subindo para o Labirinto das pedras onde você pode encontrar fósseis, andando cerca de 35 km.

Anita Canyon:
A 38 km de El Calafate começamos a subida de Anita Estana para Las Barrancas e depois de viajar 3 km é observada em todo o Vale do Lago Argentino e seus arredores.
Continuando no planalto do canyon, atravesse três riachos é uma antiga trilha que costumava entrar pela Lagoa Passo Godoy Alta Vista. Descendo o canyon do Chorrillo visto vistas panorâmicas do Glaciar Perito Moreno e Roca Lake. Continuando a descida leva à Estância El Chorrillo Malo , onde pode visitar pinturas rupestres.
 
Pesca
 
 
 
 
Pesca na Patagônia é um desafio que os pescadores mais e mais em todo o mundo quer fazer. Fatores climáticos, as longas distâncias e um profundo conhecimento da região devem ser tomadas para encaminhar uma viagem de pesca.

Em El Calafate amantes da pesca, têm a oportunidade de fazer a mão de um longo dia Calafate Pesca dia inteiro, que oferecem tudo o necessário para desfrutar da experiência. Hora de partida, uma vez aprovadas, guias de pesca vão pescar para chegar ao lugar onde ele está hospedado para enfrentar em seus veículos 4 × 4 para o lugar onde a atividade será realizada.

Os guias desta agência tem uma vasta experiência na área e da atividade particular. Michelangelo Almandoz, chefe do Calafate e Pesca Guia de Pesca Glacier National Park vai levar você a pontos de pesca e vai contar histórias sobre os quartos no sul, além de fornecer o vasto conhecimento de lugares.
 
Safari Náutico
 
 
 
 
La excursion consiste en una navegacion por el Lago rico que permite apreciar la cara sur del Glaciar. El embarque se realiza en el Puerto ubicado en la Bahia Bajo de las Sombras, habiendo varias frecuencias en el dia.

Navegacion por el Canal de los Tempanos Consiste en una navegacion sobre la margen derecha del Glaciar Perito Moreno observando los tempanos desprendidos del Glaciar.

Viaje al Centro del Glaciar Se parte desde el Puerto Bajo de las Sombras cruzando el Brazo Rico para luego desembarcar en la costa Oeste. Los guias de montaña los conduciran hasta el glaciar para colocarles los grampones e iniciar la travesia. El sendero transcurre por la morena sur del glaciar hasta encontrar un mirador, donde se accedera al hielo. La duracion del recorrido es de 3 horas por los rincones del glaciar , observando lagunas interiores y profundas grietas. Esta excursion debido a la exigencia fisica y dificultad es solo apta para personas entre 18 y 45 años de edad.

Brazo Norte Todos Los Glaciares: Se sale del Puerto Punta Banderas, situado a 47 kilometros de El Calafate se navega por el Brazo Norte del Lago Argentino entre tempanos de grandes dimensiones visitando los Glaciares Upsala, Spegazzini y Bahia Onelli, donde se desembarca y luego de una caminata de 800 metros se observan los Glaciares Onelli Bolados y
 
Trekking Perito Moreno
 
A turnê, que é o dia inteiro, a partir de Sob Porto Bay of Shadows , localizado a 22 km da entrada do Parque NacionalLos Glaciares e 8 km. Geleira.
embarca lá para alcançar a margem oposta da Península de Magallanes, cruzando o Poder Rico do Lago Argentino . tempo Sailing é de aproximadamente 20 minutos. Guias especializados liderar o grupo (de aprox. 20 pessoas) através de um caminho costeiro por que chegamos, depois de cerca de 30 minutos, na margem sul do glaciar. Neste local, ajudados por especialistas, foi colocado sobre os crampons calçado metálico, necessário para fazer a caminhada sobre o gelo. Ele também explica a técnica básica de usar e oferece ao turista uma pequena palestra sobre a gênese geleira, a flora ea fauna da região. A partir daí, ele começa lentamente a subir o glaciar, para uma viagem de cerca de duas horas, parando ocasionalmente para tirar fotos. É uma oportunidade única para apreciar in situ das diferentes formações da geleira (drenos, rachaduras, etc.) E as diversas tonalidades de gelo são um espetáculo em si. A sensação experimentada é indescritível. Após o retorno, nós usamos um caminho alternativo através da floresta , que permite uma visão diferente da geleira. Ao chegar ao abrigo, almoçar e, em seguida, as embarca grupo para navegar de volta para o ponto de partida.Durante esta vela, fez abordagens para a parede da geleira para apreciar a proporção real do mesmo.