Curso de Agente de Viagens Online

ValParaíso



Valparaíso foi fundada em 1536 e, até o começo do século 20, figurou como o mais importante porto do Pacífico Sul. A cidade é formada por morros - são 45, onde vive 90% da população em casas coloridas, revestidas de placas metálicas reaproveitadas de embarcações que afundavam ou encalhavam na baía. Na parte plana ficam o comércio, os serviços e as atividades portuárias. Veja o que visitar em um tour básico:

Avenida Argentina: é a entrada da cidade. Às quartas e aos sábados, funciona ali uma feira livre com barracas de frutas, verduras e pescados. Domingo é o dia do mercado de pulgas.

Congresso Nacional: em 1980, durante a ditadura do general Augusto Pinochet (1915-2006), o Congresso chileno foi transferido de Santiago para Valparaíso. Desde então, discute-se o retorno do local de trabalho dos parlamentares para a capital. Fica na Plaza Victoria.

La Sebastiana: uma das três casas do poeta Pablo Neruda, inaugurada em 1961 e hoje transformada em museu. Pelos cinco coloridos andares estão expostos objetos pessoais do poeta e de sua última mulher, Matilde Urrutia, como as credenciais de senador da república chilena, os dois últimos cheques que assinou em vida, a cama e uma escrivaninha com manuscritos.

Algumas janelas têm formato de escotilha de barco e todas oferecem vista privilegiada da cidade e do Oceano Pacífico. Fica na Rua Ferrari, 692, e a visita custa 2.500 pesos (R$ 9,36). Informações: www.lasebastiana-neruda.cl.

Ascensores: a cidade tem 15 elevadores elétricos que transportam passageiros do alto dos cerros até a parte plana. Custam 100 pesos (R$ 0,38).

Plaza Sotomayor: na parte plana, junto do porto, é cercada por edifícios históricos como o do Tribunal de Justiça e o do comando da Marinha de Guerra. Nela fica também o monumento em homenagem a Arturo Prat, soldado que lutou na guerra contra a Espanha, no século 19. Para comprar lembranças, ao lado da praça há um mercado de artesanato.

VIÑA DEL MAR

O balneário foi fundado em 1874 para ser o refúgio de férias das famílias ricas de Santiago, e ainda conserva essa vocação. No verão, chega a receber 1 milhão de visitantes. Um apartamento na orla não custa menos do que US$ 300 mil (cerca de R$ 600 mil) e os prédios lembram os da Barra da Tijuca, no Rio.

Para chegar até a cidade, a partir de Valparaíso, você passará por um viaduto acima das pedras e do mar. E estará, em seguida, diante do relógio de flores, a primeira atração local. Confira outras:

Praias: são cerca de 3,5 quilômetros de praias banhadas pelas águas geladas do Pacífico. Graças à Corrente Humbold, a temperatura fica entre 12 e 16 graus. A faixa de areia é estreita.

Plaza Francisco Vergara: localizada na Avenida Valparaíso, é a principal da cidade. Nela está o Teatro Municipal, que é também patrimônio arquitetônico.

Cassino Municipal: além do apelo das 1.500 máquinas caça-níqueis e das mesas de blackjack, roleta e outros jogos, há a arquitetura imponente do local, inaugurado em 31 de dezembro de 1930. Conta com um inusitado espaço para crianças equipado com atrações como jogos e internet. O cassino fica na Avenida San Martin, 199. Informações: (00--56-32) 250-0600; casinodevinadelmar.cl.

Quinta Vergara: é um parque de araucárias cheio de sombra e bancos para descansar. No mês de fevereiro, o local se torna o principal ponto de interesse da cidade, por causa da realização do Festival Internacional da Canção - neste ano, Bryan Adams e Ricky Martin foram alguns dos nomes internacionais que se apresentaram no anfiteatro para 15 mil pessoas.

Dentro do parque está também o Museu de Belas Artes da cidade. Fica no fim da Praça Luis Sigall e atrás da Paróquia Viña del Mar.

Museu Fonck: o acervo de arqueologia e história conta com peças do Chile, do Peru e do Equador. A principal atração é a coleção de mais de 1.400 itens da Ilha de Páscoa. Entre eles, um moai, uma das misteriosas esculturas da ilha, levado a Viña na década de 1950. Imperdível para fotos. A entrada custa 1.500 pesos (R$ 5,61). Fica na 4 Norte, 784. Informações: (00--56-32) 268- 6753; www.museofonck.cl.