Tailândia

INFORMAÇÃO GERAL

    Superfície: 514.00 Km2
    População: 65.493.298 milhões de habitantes (dados de 2008)
    Capital: Banguecoque (10.061.276 milhões de habitantes)

    Geografia: É limitada a Oeste com Myanmar (antiga Birmânia) e o Índico; ao Sul e Este com a Malásia e o Golfo de Tailândia; ao Oeste com o Camboja e ao Norte com Laos.
    Idioma: O tailandês é o idioma oficial. Tanto o inglês como outros idiomas ocidentais são comuns entre a população.
    Política: Monarquia Constitucional desde 1973.

INFORMAÇÃO DE INTERESSSE

DOCUMENTAÇÃO

    Passaporte com validade de 6 meses para cidadãos portugueses.
    Visto (expedido pela Embaixada da Tailândia ou pelos Consulados de representação) é somente necessário se a permanência no país for superior a 30 dias.

VACINAS

    Não é exigida nenhuma vacina.

CÂMBIO

    A moeda tailandesa é o Bath.
    UM Euro = ±49 Baths
    Normalmente, aceitam-se os cartões de crédito mais frequentes.

VESTUÁRIO

    Roupa solta e ligeira, recomenda-se o algodão, evitar o nylon e levar óculos de sol para protecção. Alguns agasalhos para as noites mais frescas do Norte e para as montanhas.

ARTIGOS PROIBIDOS

    Todos os narcóticos (marijuana, ópio, cocaína, morfina, heroína…).
    IMPORTANTE: Se, por motivos de saúde, alguns dos medicamentos que toma contêm ou podem conter um dos componentes mencionados ou outros que possam ser considerados narcóticos, deverá acompanhar-se de uma declaração médica que justifique o uso dos mesmos.
    É proibido sair do país com imagens originais do Buda, sendo apenas permitidas aquelas que são consideradas “recordações”.
    No que respeita aos objectos de antiquário ou de arte, deve-se solicitar uma licença ao Departamento de Belas Artes. Para mais informações contactar o Museu Nacional de Banguecoque.

ELECTRICIDADE

    220 voltes. Utilizam-se fichas de dois bornes do estilo europeu e americano.

REFERÊNCIA HORÁRIA

    + 7 horas no Inverno
    + 6 horas no Verão

TELEFONE

    Código de acesso de Portugal:  +66
    Código de acesso da Tailândia: +351
 

Tailândia, um destino de sonhos. Deixe-se levar pelo fascínio da cultura tailandesa, pelas suas praias paradisíacas, seja para lazer ou actividades desportivas, pela riqueza dos sabores orientais da típica gastronomia thai e pela simpatia e hospitalidade cativantes do povo tailandês.

 

Clima

A Tailândia tem um clima tropical, isto é, húmido e quente, com três estações: temperada, quente e chuvosa.

A melhor época para viajar é entre os meses de Novembro e Fevereiro, que coincide com a estação temperada. Neste período, a temperatura média é de 20º C, com um índice de humidade por volta dos 55%.

Durante a estação quente, de Março a Maio, a temperatura pode subir até aos 30º C, como média, podendo chegar a valores próximos dos 40º C em algumas zonas. Nesta época, o índice de humidade sobe consideravelmente.

De Junho a Outubro, encontramo-nos na estação chuvosa; as monções fazem a sua aparição com diferente incidência conforme as zonas. Se, no Norte, a intensidade das mesmas pode ser escassa, no Sul, a sua presença pode revelar-se com grande violência. A temperatura oscila entre os 24º e os 34º C, embora a sensação de calor possa parecer bastante superior, já que os índices de humidade rondam, neste período, os 80%.

 

El Clima

O vale do rio Mekong era já habitado há uns 10.000 anos; os primeiros agricultores do mundo e talvez os primeiros a trabalhar o metal falavam Thai de uma forma primitiva e viviam no território que é hoje ocupado pela Tailândia. O arroz cultivava-se nas zonas de Bang Chiang e Bang Prasat, no Noroeste, cerca do ano 4.000 a.C. A cultura de Bang Chiang conheceu a metalurgia do bronze antes do ano 3.000 a.C…

Desde então e até hoje, a história do país dos sorrisos passou por diferentes períodos, uns mais prósperos e outros marcados por estrondosas e sangrentas invasões.

O Período Ayutthaya foi possivelmente o mais próspero e o que definiria, sem dúvida, o futuro do país.

Ayutthaya foi uma das maiores e mais ricas cidades da Ásia, devido, em grande parte, ao seu importante porto marítimo. O reino manteve ininterruptamente um regime monárquico, ao longo de 400 anos, com 34 reinados. Tantos portugueses, como holandeses, ingleses, dinamarqueses e franceses estabeleceram embaixadas nesta cidade. Em meados do séc. XVI, Ayutthaya caiu sob o domínio dos birmaneses, mas os thais recuperaram o controlo nos finais desse mesmo século. Em 1690, o londrino Engelbert proclamou: “Entre as nações asiáticas, o reino do Sião é o maior. A magnificência da corte de Ayutthaya é incomparável”.

Em 1765, a riqueza de Ayutthaya atraiu, de novo, a atenção dos birmaneses, cujo cerco a reduziu a escombros. Em 1769, o General Phraya Taksin reuniu os exércitos Thai, conseguiu expulsar os birmaneses e proclamou-se rei, transferindo a capital para Thonburi. Os constantes desentendimentos com os seus ministros provocaram a sua destituição.

Em 1782, com a proclamação de um novo rei, também ele general, Chao Phraya Chakri, iniciou-se uma das mais famosas dinastias, a Chakri. A capital foi transferida para Banguecoque.

O rei Mongkut, mais conhecido como Rama V, sobiu ao trono e iniciou um período de reformas, estabelecendo relações diplomáticas com a Europa.

Por iniciativa de um grupo de estudantes thai que viviam em Paris, preparou-se, em 1932, uma revolução contra a monarquia absoluta do Sião, cujo resultado levou à criação de uma monarquia constitucional segundo o modelo britânico.

 

HISTÓRIA:

Foi em 1939 que o nome oficial do país, Sião, foi substituído pelo de Tailândia. (práthêt thai). Práthê provém do sânscrito pradesha que significa “país”, thai significa “livre”.

De 1941 a 1945, o exército japonês ocupou algumas zonas da Tailândia, até ter sido derrotado, no final da Segunda Guerra Mundial. Foi precisamente este período de ocupação que inspirou um dos filmes mais famosos e vencedor de um Óscar “A ponte sobre o rio kwai”. Quem não trauteou alguma vez aquela inesquecível melodia…?

O actual rei Rama IX sobe ao trono em 1946, chegando ao poder o primeiro governo tailandês eleito democraticamente e iniciando-se, com este, um grande período de mudanças, uma certa instabilidade em que, uma e outra vez, se sucedem tentativas de golpe de estado, intrigas e conspirações. A juventude, como em todos os outros países, sempre na vanguarda, incitará a melhorias, aberturas e, sobretudo, lutará constantemente para manter e consolidar a monarquia constitucional e a liberdade.

Rama IX tem sido e é sem dúvida um rei que, por muitos motivos, tomou decisões-chave em momentos muito importantes, tanto no passado como no presente e como seguramente no futuro. Não é em vão que é o decano dos monarcas do mundo, reinando há mais de sessenta anos.

Entre 1991 e 1992, um golpe militar coloca o General Shuscinda no poder. Em resposta aos permanentes confrontos de rua entre manifestantes que pedem a demissão do general e dos militares, Rama IX intervém e restaura a democracia.

Em 26 de Dezembro de 2004, encontrando-se o país num processo de recuperação, um tsunami assola a costa tailandesa de Andaman… este desastre provoca não somente um grande retrocesso na reconstrução de zonas a recuperar, como exigiu também um grande esforço por parte das autoridades, bem como da população em geral, para concluírem essa reconstrução em tempo recorde.

Um ano depois, todo o povo tailandês pôde transmitir ao mundo inteiro esta mensagem: conseguimos, as zonas afectadas estão totalmente recuperadas.

Hoje, a normalidade é total e o turismo voltou a eleger a Tailândia como destino de férias e este é sem dúvida o melhor indicador e a melhor recompensa pelo esforço realizado.

 

BEM Estar


O Nuat Phaen Boran, a massagem tradicional tailandesa, provém da Índia e as suas origens são antiquíssimas. De facto, foi inventada por Jivaka Kumar Vacta, vidente e médico pessoal do Buda, que aplicou à massagem, os princípios do ioga.

Através da pressão controlada sobre os pontos-chave do corpo humano, a circulação sanguínea do paciente melhora, aliviando e curando deste modo as maleitas mais comuns, como febres, dores de cabeça, de costas, dores de estômago e tensões nervosas.

Demonstrou-se que a massagem é igualmente eficaz nos ataques epilépticos, nas fases iniciais de paralisia e na dislexia.

Esta massagem alcançou a sua popularidade há cerca de 200 anos, quando o Rei Rama III ordenou que as técnicas conhecidas fossem transcritas sobre tábuas de pedra que foram expostas no Templo do Buda reclinado ou Wat Pho.

Estas inscrições podem ainda hoje ser vistas e mostram os diagramas do corpo humano e os pontos sobre os quais o massagista exerce a pressão para estimular a circulação e para curar o corpo do paciente. Este tipo de massagem tem fins terapêuticos de grande utilidade: recarga de energia, melhora a postura, confere elasticidade à pele e aos movimentos do corpo. Assistir a uma massagem tailandesa é uma experiência única: o massagista faz o paciente cumprir uma série de evoluções harmoniosas e positivas, que libertam as costas, as pernas e o pescoço.

Contudo, apesar da notoriedade como massagem terapêutica, na Tailândia, o Nuat Phaen Boran é praticado como técnica de devoção, sendo utilizada com fins religiosos e de meditação.