Berna


Sentindo-se mais como uma cidade comercial do que como uma capital, Berna passa a imagem da perfeição suíça. O Centro Antigo, protegido pela UNESCO, fica na margem alta do Rio Aare, tem ruas de pedras com arcadas mantidas de acordo com o mapa medieval original.

Após o devastador incêndio em 1405, a cidade foi reconstruída em arenito e, no século 16, sua aparência era muito parecida com a que se vê hoje. As principais vias que saem da Kramgasse (com sua famosa torre do relógio, que dizem ter inspirado as teorias de Einstein), Rathausgasse e Münstergasse, conduzem à antiga ponte Nydeggbrücke.

Cruze a ponte para ter uma vista melhor do Centro Antigo. Mas não perca a vista dos jardins da catedral; em um dia claro pode-se ver os Alpes. Atrás do parlamento está o Marzili, uma área de parque aberto onde os habitantes da cidade curtem a praia urbana e pulam no rio e na piscina gratuita.

As crianças gostam de se refrescar nas fontes da Bundesplatz, em frente ao parlamento. A última maravilha de Berna é o Centro Paul Klee, uma moderna homenagem em vidro ao artista nascido em Berna, com mais de 4 mil obras dele.
Informações úteis

Aeroporto

Berne Belp (031 9 602 122, www.alpar.ch) fica 9,6 km a sudeste da cidade.

Ônibus

O aeroporto é servido por ônibus fretados com hora marcada (CHF14). Da estação de trem Belp há outras conexões.

Táxi

O táxi custa CHF50 (20 min). Berna tem trens de alta velocidade (TGV, ICE e Cisalpino), além de uma excelente linha de transporte local. Táxis (0 313 335 555).

Informações turísticas: Amthausgasse 4 (0 313 281 212, www.berninfo.com).

DDI: + 41 sem o 0 inicial.
 


Fundado dentro: 1021
Habitantes: 368000
IATA código Da cidade: BRQ

Visite o Web site oficial
Brno
É a segunda maior e mais importante cidade da República Checa e ao mesmo tempo a tradicional metrópole da Morávia e histórico centro dos Přemysl. Em 1243, o rei Václav I concede a Brno o foral de cidade.
Brno_Castle

A silhueta da cidade é marcada pelo Castelo de Spielberg (Špilberk), conservado como palácio gótico com duas capelas, foi depois adaptada a uma fortaleza barroca e no século XIX acabou por ser uma temida prisão para presos políticos, conhecida por a masmorra da nação. No cimo do monte Petrov (Pedro) fica a catedral gótica de São Pedro e Paulo. Nos inícios do século XVI foi construído o original portal da Câmara Municipal Antiga com fialas curvadas- uma brincadeira do gótico flamejante. De realçar é ainda uma série de construções históricas, como por exemplo conventos de ordens religiosas, a fonte barroca naturalista de Parnaso, o Paço Episcopal, o palácio renascentista dos Senhores de Lipá e de Kunštát, a igreja de São Jacob, o palácio de Hausperger – hoje teatro de Husa na provázku. Brno foi também um importante centro da arquitectura dos tempos modernos.

Da Moderna foram construídos ainda nos finais do século XIX dois importantes objectos: o palácio dos Klein, uma construção com elementos em ferro fundido e sanitários com autoclismo e o Teatro de Mahen (Mahenovo divadlo), que foi o primeiro teatro electrificado do país. De maior importância são as construções de Arte-Nova, inícios da moderna e funcionalistas. Não se deve deixar de fazer referência à Vila Tugendhat, uma fantástica construção do Funcionalismo, de 1929 do arquitecto alemão Miese van der Rohe, que alcançou fama europeia. Desta época é também o complexo harmonioso da Feira Internacional (1930-60), onde ainda hoje se realizam anualmente cerca de cinquenta feiras.

A metrópole do Sul da Morávia oferece ainda atraentes passeios fora da cidade, como por exemplo ao Jardim Zoológico, Jardim Botânico, arboretum, extensos pomares e para os adeptos de motocíclismo o autódromo com os circuito de Massaryk – onde tem lugar o Campeonato Mundial de Motociclos de Estrada, Grand Prix ČR.

Actualmente é sede do governo regional da Morávia do Sul