Fátima

142 km (88 milhas) ao norte de Lisboa, Fátima é um dos santuários mais importantes do mundo dedicado à Virgem Maria. Este Santuário acolhe milhões de peregrinos e turistas de todo o mundo. A fama do lugar é o resultado das Aparições de Nossa Senhora do Rosário aos três pastorinhos Lúcia e seus primos, Francisco e Jacinta que, entre maio e outubro de 1917, testemunharam as aparições sucessivas. O último, em 13 de outubro, foi confirmada por um milagre presenciado por 70.000 pessoas "no dia em que o sol dançou".


 Capelinha das Aparições
O pedestal, onde se encontra a Imagem de Nossa Senhora, marca o sítio exacto onde estava a pequena azinheira (desaparecida devido à devoção dos primeiros peregrinos que a levaram, raminho a raminho), de um metro e pouco de altura, sobre a qual Nossa Senhora apareceu aos pastorinhos em 13 de Maio, Junho, Julho, Setembro e Outubro de 1917.


 O Recinto
Com uma escadaria monumental e colunatas, com a Via-Sacra em quadros de cerâmica policromada. Em frente da Basílica, sobre a colunata, podem ver-se as estátuas de quatro Santos portugueses: S.João de Deus, S.João de Brito, Santo António e Beato Nuno de Santa Maria. De um lado e de outro, da esquerda para a direita, mais os seguintes : Santa Teresa de Ávila, S. Francisco de Sales, Beato Marcelino de Champagnat, S. João Baptista de La Salle, S. Afonso Maria de Ligório, S. João Bosco com S. Domingos Sávio, S. Luís Maria Grignion de Mofort, S. Vicente de Paulo, S. Simão Stock, S. Inácio de Loyola, S. Paulo da Cruz, S. João da Cruz e Santa Beatriz da Silva.

 Basilica
Iniciada em 1928 e sagrada em 7 de Outubro de 1953. Os seus 15 altares são dedicados aos 15 mistérios do Rosário. O quadro do altar-mor representa a Mensagem de Nossa Senhora aos videntes, preparados pelo Anjo de Portugal, através do seu encontro com Cristo na Eucaristia. Vêem-se o Bispo da diocese, D.José de joelhos, do lado esquerdo, e as figuras dos Papas Pio XII (que consagrou o mundo ao Imaculado Coração de Maria, em 1942, e cujo Legado coroou a Imagem de Nossa Senhora, em 1946), João XXIII e Paulo VI. Os vitrais representam cenas das aparições e invocações da Ladainha de Nossa Senhora. Nos quatro cantos do interior da Basílica encontram-se as estátuas dos grandes apóstolos do Rosário e da devoção ao Imaculado Coração de Maria: S. António Maria Claret, S. Domingos de Gusmão, S. João Eudes e S. Estevão, Rei da Hungria. Também se encontram na Basílica os túmulos de Francisco e
Jacinta, e, na Capela-mor, os restos mortais de


Basilica

Grande Orgão
D. José Alves Correia da Silva, primeiro Bispo de Leiria (l920-1957) da Diocese restaurada. Órgão da Basílica - Construído e montado pela Firma Fratelli Rufatti, de Pádua, em 1952. Os 5 corpos originariamente dispersos, foram reunidos em 1962, no coro. Esses 5 corpos, Grande Orgão, Positivo, Recitativo, Solo e Eco, são accionados por uma consola de 5 teclados e pedaleira. Tem 152 registos e aproximadamente 12.000 tubos, de chumbo, estanho e madeira, o maior dos quais com 11 metros e o menor com 9 milímetros.

 Capela do Lausperene
Construída com as ofertas da associação austríaca "Cruzada de Reparação pelo Rosário para a Paz no Mundo", a primeira pedra foi benzida pelo Papa João Paulo II, a 13 de Maio de 1982.
 Azinheira Grande
Debaixo dela, os pastorinhos e os primeiros peregrinos esperavam e rezavam o terço, antes de chegar Nossa Senhora.
 Monumento ao Sagredo Coração de Jesus
Ergue-se no centro da praça, sobre um poço ali cavado e cuja água tem sido instrumento de muitas graças.


Azinheira Grande

 Casa de Retires de Nossa Senhora das Dores
Situados por trás da Capelinha, destinam-se a receber os doentes nas grandes peregrinações, retiros e também alojamento de peregrinos em geral. Cerca de 300 camas.
 Reitoria
Edifício do lado direito do Recinto, na Casa de Nossa Senhora do Carmo
 Casa de Retires de Nossa Senhora do Carmo
Por cima e atrás da Reitoria. Cerca de 250 camas


Muro de Berlim

 Muro de Berlim
Na entrada do Santuário, do lado sul da Reitoria, encontra-se um monumento constituido por um módulo de betão do Muro de Berlim (começado a construir na noite de 12 para 13 de Agosto de 1961 e demolido a partir de 9 de Novembro de 1989). Esse bloco foi oferecido por intermédio de um emigrante português na Alemanha, Sr. Virgílio Casimiro Ferreira, e aqui colocado como grata recordação da intervenção de Deus, prometida em Fátima, da queda do comunismo ateu. Pesa 2.600 quilos, mede 3, 60 m de altura e 1,20 m de largura. O arranjo do monumento é do arquitecto J. Carlos Loureiro. Foi inaugurado em 13 de Agosto de 1994).

 Via Sacre
A Via-Sacra é composta de 14 capelinhas em memória da Paixão do Senhor e uma 15ª correspondente à Ressurreição. Sob o Calvário há uma Capela dedicada a S. Estêvão. As primeiras 14 foram oferecidas pelos católicos húngaros refugiados nos países do Ocidente e inauguradas em 12 de Maio de 1964; a 15ª em 13 de Outubro de 1992, com a presença do Embaixador da Hungria, já liberta do comunismo. A Via-Sacra parte da Rotunda de Santa Teresa e segue pelo caminho que os pastorinhos tomavam para ir de Aljustrel à Cova da Iria.


 Cruz Alta
No topo sul do recinto. Comemora o encerramento do Ano Santo de 1951
 Monumento ao Papa Paulo VI
Assinala a sua peregrinação a Fátima, em 13 de Maio de 1967.
 Monumento ao Papa Pio XII
Construído com ofertas dos católicos alemães (l961).
 Centro Patoral de Paulo VI
Inaugurado em 13 Maio 1982, pelo Papa João Paulo II, para apoio ao estudo e reflexão da mensagem de Fátima e dos problemas do mundo moderno, à luz do Evangelho. Salas de 2.124 e 700 lugares; dormitórios e restaurante para 400 pessoas e outras. Visitável, quando não há actividades.
 Valinhos
Local da 4ª aparição de Nossa Senhora, em 19 de Agosto de 1917, assinalado por um monumento.
 Loco do Anjo
Onde as crianças receberam a primeira e terceira visitas do "Anjo da Paz" (1916).
 Casas dos Patorinhos
Ao fundo do quintal da casa de Lúcia, o poço, onde o "Anjo da Paz", "Anjo de Portugal", apareceu pela segunda vez (Verão de 1916).
 Museu - junto à Casa de Lúcia


Valinhos

o poço, onde o "Anjo da Paz", "Anjo de Portugal", apareceu pela segunda vez         Museu

ALOJAMENTO

 Hotel Dom Gonçalo ****
O Hotel Dom Gonçalo é um hotel moderno, recentemente remodelado, que porpociona uma estadia calma e confortável. Os seus 42 quartos estão equipados com ar condicionado, TV. satélite, rádio, mini-bar, telefone directo, secador de cabelo e insonorização. Rodeado por uma pequena mata e jardins, o edifico comporta ainda uma acolhedora sala de estar, o Restaurante-Bar, e zonas de lazer.