Florença

Florença está a 3 horas de Veneza e 3 horas de Roma, chega-se de carro, ônibus ou trem (trenitalia.com). A parte turística encontra-se preservada no centro histórico (os residentes moram mais ao sul)
Toda a cidade é percorrida a pé, dispensando-se o uso de carro. A cidade é famosa por seus sorvetes (gelattos) cujos preços variam de 1 euros a 3. Recomendada pelo NY Times: Badiani (Viale dei Mille, 20r; 39-055-578-682). A verdade é que qualquer um é bom (eu atravessaria a ponte e comeria do outro lado, onde os sorvetes são ótimos e baratíssimos)

ATRAÇÕES:
* Duomo(CATHEDRAL, BAPTISTERY, MUSEO DELL’OPERA DEL DUOMO )
* Igreja Santa Croce
* Igreja Santa Maria Novella
* Basilica di San Lorenzo
* Mercato Centrale
* Jardim de Boboli (Giardino di Boboli)
* Galleria degli Uffizi
* Palácio Pitti
* Church of Santo Spirito, Piazza Santo Spirito; tel. +39 055 21 0030. Brunelleschi fez seu interior e crucifixo de Michelangelo
* Casa Buonarroti
* Galleria dell’Accademia- sede da prefeitura (Comuna Di Firenze)e de um museu de arte.
* Museo dell’Opera del Duomo, Piazza del Duomo 9/Via della Canonica
* Officina Profumo-Farmaceutica di Santa Maria Novella
* Basilica of Santa Croce, Piazza Santa Croce
* Museu Nacional de Bargello
* Orsanmichele (1404.)
* Casa Di Dante
* Santa Maria del Carmine e Cappella Brancacci. Afrescos de Masolino, Masaccio e Filippino Lippi.
* Museo Archeologico (Archaeological Museum)
* Campanile di Giotto
* San Marco (Piazza e Monastério)
* Museu de Ciência
* Museo dell’Opera del Duomo (Piazza del Duomo, 9)
* Piazzale Michelangelo - ótimo local para ver o pôr-do-sol, mas acessível apenas de carro.
- Posto de informações: Via Camillo Cavour 1r
Circuito de Afrescos nas Capelas: Cappelle di Santa Maria Novella e Cappellone degli Spagnoli | Cappella dei Magi a Palazzo Medici | Cappella Sassetti in Santa Trinita | Cappelle in Santa Croce | Chiostrino dei voti nella basilica della Santissima Annunziata | Museo di San Marco | Chiostro dello Scalzo | Sacrestia della basilica di S. Miniato al Monte| Cappella Brancacci nella Chiesa di S. Maria del Carmine
* Todos os museus cobram ingressos (veja mais abaixo o valor para 2008), mas apenas a Uffizi tem fila, porque a entrada é controlada. Assim, para evitar a fila de 3 horas (em média), compre o ingresso antecipadamente na internet. Em meados de final de abril ou começo de maio, há a chamada Semana da Cultura (Settimana della Cultura) promovido pelo Ministério da Cultura, em toda a Itália. Nesse período, não se paga ingressos nos museus do governo, seja em Roma, Florença, Veneza ou qualquer cidade italiana.
——————————————————————
:: LINKS:::::
* Polo Museale Fiorentino(Secretaria de Turismo) e Firenze Museipara informações detalhadas e compra de ingressos (Inglês ou italiano);
* Site Oficial de Turismo
* AboutFlorence.com
* www.onlineflorenceguide.com
* www.explore-florence.com
* Fodors
* New York Times| Affordable Europe| 36hours in Florence | Mapa
Florence Trip Planner @ National Geographic Traveler
—————————————————————–
TRANSPORTE
* O melhor meio de se locomover (além de ir a pé) é o ônibus municipal. http://www.ataf.net/. Se comprar 4 passes sai mais barato (unitário: €1.20 | com 4: €4.50). Lá no site, descobre-se as rotas dos ônibus, de acordo com a região escolhida. Há varios postos de vendas autorizados na cidade, mas lembre-se de comprar antes que as lojas fechem.
* ônibus City Tour: €22.00. É válido por 1 dia - “Firenze CitySightseeing” bus. Veja brochurasobre o ônibus (PDF)
—————————————————————
ALUGUEL DE CARROS:
A mais tradicional locadora é a Sixt, que é mais barata se feita a reserva pela internet ou mesmo telefone. Florença está a 3 horas de Veneza e 3 horas de Roma, as estradas são boas, com alguns pedágios. A gasolina/alcool é uma das mais caras da Europa, o que deve ser considerado no orçamento da viagem.
——————————————————————————-
MAPAS
* Mapa de Florença em museumsinflorence.com: http://www.museumsinflorence.com/gra…
* FROMMERS - Florença: | Florence | Where to Stay in Florence | Where to Dine in Florence | What to See & Do in Florence
* Florença - Itália - mapas
—————————————————–
ONDE FICAR
Há aqueles que preferem ficar perto do Duomo e o centro histórico. A região, contudo, é barulhenta. Prefira ficar um pouco mais afastado, já que a cidade é pequena (com ônibus, chega-se facilmente ao centro histórico em 15 minutos). Há uma infinidade de hoteis e albergues na região central, por uma variedade de preços.
Se o hotel escolhido for mais distante, verifique se há transporte público para o centro.
O Venere.comé um site especializado em hoteis na Europa. Junto com o tripadvisor.com, acha-se bons hoteis com ótimos preços.
Melhores hoteis no Venere pelos usuários: Hotel Corte dei Medici€ 95 | Cosmopolitan Concept Hotel€ 120 | Hotel Rosary Garden€ 129 | Hotel Embassy€ 115 | Hotel Centrale€ 85 | Hotel Caravaggio€ 102 Z| Hotel Orto de’Medici€ 109| Hotel Executive€ 150 | Por odem de preço
Para famílias, recomendo o Argentieri, com quartos amplos, bem arejado, silenciososo. Oferece café-da-manhã e estacionamento gratuito, além de mapas e informações turísticas. No mapa parece longíssimo, mas está apenas poucos minutos do centro, de ônibus. O dono fala português e deixa usar a internet.
————————————————————————-
FLORENÇA NA MÍDIA
Livros: De “1000 Lugares Para se Conhecer Antes de Morrer - Patricia Schultz”
* Museu Bargello, Igreja Santa Croce, Igreja Santa Maria Novella, Il Duomo, Capela dos Medici, Galleria Dell’Accademia, Museu San Marco, Piazza Della Signoria e Pallazio Vecchio, Ponte Vecchio, Mercato Nuovo, Mercato San Lorenzo (entre a estação de trem e o Duomo), vesperais na Igreja de Sam Miniato, Por-do-sol na Piazzale Michelangelo.
Outros destaques do livro: Galeria Uffizi (Museu de Arte) e Villa San Michelle/Villa La Massa (hospedagem de luxo)
Filmes: Room with a View, A (1985)| Tea with Mussolini (1999)| Hannibal (2001)| Much Ado About Nothing (1993)- Muito Barulho por Nada
————————————————————–

    Matéria de Revista Viagem e Turismo:
    DDD: 055
    Informações turísticas: www.firenze.net
    Embaixada em Roma: Piazza Navona, 14, 06/683-981, www.ambasciatadelbrasile.it
    Hora local: + 4h
    Melhor época: na primavera o clima fica mais ameno e os preços caem. O outono também é ótima opção, apesar de pouco chuvoso
    Chamadas a cobrar: 800 172 211 (Embratel) e 800 172 412 (Telefônica, serviço válido apenas para São Paulo)
    Transporte: prepare-se para bater pernas. As principais atrações estão concentradas no centro histórico
    PIAZZA DELLA SIGNORIA - em frente ao Palazzo Vecchio, o antigo palacete dos Medici que hospeda hoje o gabinete da prefeitura, centenas de turistas se espremem para apreciar a bela escultura de Davi. Todos sabem que ela é falsa, uma cópia - a verdadeira, de Michelangelo, está na Accademia (via Ricasoli, 58-60, 055/238-8612, www.polomuseale.firenze.it/accademia). Mas em Florença é assim. Até as réplicas são obras de arte, cada cantinho tem uma bela história para contar. Berço do Renascimento, por lá viveram Da Vinci, Donatello, Galileu, Michelangelo, Botticelli… E suas obras estão por toda a cidade.
    DUOMO - A catedral que é o cartão-postal da cidade. Suba até o campanário, visite o seu museu, onde está a famosa Pietà inacabada de Michelangelo, e siga caminho - Piazza del Duomo, 055/230-2995, www.operaduomo.firenze.it.
    GALLERIA DEGLI UFFIZI - Mais de 2 mil obras de arte esperam por você, entre elas O Nascimento de Vênus, de Botticelli - Piazzale degli Uffizi, 055/238-8651, www.polomuseale.firenze.it/uffizi.
    CENNATOIO INTERVINIAS - Nas proximidades de Florença, lá se produz vinhos ecológicos - Via Bruno Buozzi, 268, Campi Bisenzio, 055/896-3230, www.cennatoio.it.
    BOROG SCOPETO - Mais próxima de Siena, também pode ser visitada e oferece hospedagem em uma maravilhosa vila medieval recém-restaurada para se transformar em um hotel quatro estrelas, o Relais Borgo Scopeto - Vagliagli di Castelnuovo Berardenga, s/n, 0577/322-729, www.borgoscopeto.com.

——————————————————–
Tour de ônibus:
The 4 itineRARI:
* DEGUSTIBUS – A tour packed with appetizing curiosities and anecdotes about Florentine food and wine. Tasty local specialities will be served on board.
Inauguration: Friday 29 June
Timetable: Friday (evenings only): 18.30, 19.30, 20.30, 21.30; Saturday and Sunday: 11.30, 12.30, 13.30, 18.30, 19.30, 20.30, 21.30.
Tickets: € 20.00; children under 15 and residents of the Province of Florence: € 10.00; children under 6: free.
* I MOVIMENTI LETTERARI (Literary movements) – An itinerary exploring places where some of the big names in international literature were born or worked.
Inauguration: Saturday 14 July
Timetable: Saturday and Sunday: 10.00, 11.00, 16.00, 17.00, 18.00.
Tickets: € 15.00; children under 15 and residents of the Province of Florence: € 7.50; children under 6: free.
* SACRE VIE (Holy ways) – A tour of 15 less well-known parish churches and oratories housing interesting art treasures.
Inauguration: Saturday 23 June
Timetable: Saturday and Sunday: 10.00, 11.00, 16.00, 17.00, 18.00.
Tickets: € 15.00; children under 15 and residents of the Province of Florence: € 7.50; children under 6: free.
* OCCHIO PINOCCHIO (Look out Pinocchio) – A trip to discover the main characters of Carlo Lorenzini’s Pinocchio, one of the world’s best-loved books.
Inauguration: Saturday 7 July
Timetable: Saturday and Sunday: 10.00, 11.00, 16.00, 17.00, 18.00.
Tickets: € 15.00; children under 15 and residents of the Province of Florence: € 7.50; children under 6: free.
LOJAS OFICIAIS NOS MUSEUS
http://www.firenzemusei.it/servizi/index.html
Museum Shop è la ricca e raffinata vetrina del Polo Museale Fiorentino. Otto punti vendita dove acquistare una guida, un catalogo, una riproduzione d’arte scegliendo fra migliaia di prodotti editoriali, articoli da regalo, oggettistica, accessori per l’abbigliamento.
- Cappelle Medicee, Piazza Madonna degli Aldobrandini 2, tel. +39 (0)55 282984
- Galleria dell’Accademia, via Ricasoli 60, tel. +39 (0)55 211702
- Galleria degli Uffizi, Piazzale degli Uffizi, tel. +39 (0)55 2679744
- Museo Archeologico, via della Colonna 36, tel. +39 (0)55 245045
- Museo Nazionale del Bargello, via del Proconsolo 4, tel. +39 (0)55
- Museo dell’Opificio delle Pietre Dure, via degli Alfani 78, tel. +39 (0)55 218709
- Museo di San Marco, Piazza San Marco 3, tel. +39 (0)55 264358
- Palazzo Pitti, Piazza Pitti 1, tel. +39 (0)55 212688
INGRESSOS: http://www.firenzemusei.it/servizi/servizi_main.html#biglietti
Museo o Galleria     Biglietto
Cappelle Medicee     Euro 4.00
Cenacolo di Andrea del Sarto     Gratuito
Galleria d’Arte Moderna
e Galleria del Costume     Euro 5.00
Galleria degli Uffizi     Euro 6.50
Galleria dell’Accademia     Euro 6.50
Galleria Palatina
Galleria d’Arte Moderna     Euro 8.50
Giardino di Boboli, Museo degli Argenti,
Museo delle Porcellane, Galleria del Costume     Euro 6.00
Museo Archeologico     Euro 4.00
Museo dell’Opificio
delle Pietre Dure     Euro 2.00
Museo di Palazzo Davanzati     Gratuito
Museo di San Marco     Euro 4.00
Museo Nazionale del Bargello     Euro 4.00
Galleria dell’Accademia
Opificio delle Pietre Dure     Euro 7.00
Cumulativo di Palazzo Pitti     Euro 11.50
O berço da arte

O berço da arte - Apresentamos-lhes Florença, berço da arte e da cultura européia.

Florença é a cidade mais rica de monumentos medievais de Italia e de toda a Europa. Desde o século XIII até XVI foi o berço da arte e da cultura de todo o continente. Em Florença nasceram ou viveram poetas e escritores como Dante, Petrarca e Boccaccio, pintores como Piero della Francesca, Giotto e Beato Angelico, arquitectos como Brunelleschi, escultores como Miguel Angelo e sobretudo a mente mais genial da história da humanidade: Leonardo da Vinci.

Naqueles séculos, Florença foi o berço daquele impulso inovador que levou a Europa desde o obscurantismo da Idade Média até à imensa variedade de expressões artísticas e culturais do Renascimento.

Hoje em dia, Florença conseguiu combinar as características de uma cidade moderna com o respeito pelos monumentos antigos, já que a cidade está rodeada por grandes avenidas exteriores que tornam mais fácil a entrada ao bairro medieval para que o visitante possa disfrutar da beleza do “Duomo”, com o seu “Battistero” e o seu campanário; a praça de la “Signoria” com o seu palácio do século XIII actual sede da Câmara, da “Galleria degli Uffizi”, um dos museus mais importantes do mundo, da Ponte Vecchio com a sua joalheria artesanal, do Palácio Pitti, o centro da moda e das muitas outras maravilhas arquitectónicas.

Fonte:www.queroaitalia.com
Florença

Coração da literatura italiana (graças a três grandes escritores do Quattrocento: Dante, Petrarca e Boccaccio) e da Art Renascentista, a capital da Toscana cativa o visitante com as marcas de seu grandioso passado. Na Idade Média, era o centro intelectual do país. No século XV, a família Médici, que governou durante séculos, elevou a cidade a seu esplendor máximo. No período medieval, foi construída sobre quarto distritos, ou “quartieri”, divididos pelo rio Arno, que pode ser usado como referencia para se visitar a cidade. São eles: Santa Maria Novella, San Giovanni, Santa Croce e Santo Spirito.

Santa Maria Novella possui desde o início do século XX uma estação ferroviária que é um reflexo fiel dos primeiros trabalhos de arquitetura racional. De lá, o visitante tem acesso a uma das maiores obras de arte florentina: a igreja de Santa Maria Novella. Iniciada em 1246 pelos monges dominicanos, em sua construção participaram artistas como Leon Battista Alberti, autor da fachada em estilo romanesco gótico; Filippo Lippi e o brilhante Giotto, que deu a Florença como herança seu famoso crucifixo. Entre os cômodos, encontra-se a incrível Sala Capitular, conhecida como “Sala dos Espanhóis”. A igreja de Santa Trinidad (do século XI), e o palácio Strozzi são outros locais interessantes da região.

Da Piazza Santa Maria Novella, atravessando a rua do Cerretani, o visitante chega a Piazza San Giovanni, no bairro de mesmo nome e entrada para e emblemática Praça Duomo, que acomoda a catedral de Santa Maria di Fiori, construída sobre a antiga basílica de Santa Reparata, e que foi iniciada por Arnoldo di Cambio no início do século XIII. Sua elegante cúpula, construída no século XV é obra de Brunelleschi. O campanário, localizado a direita da igreja, foi criado por Giotto em 1334. A fachada não foi concluída até metade do século XVIII. Em frente à Duomo localiza-se o batistério de San Giovanni, de estilo romanesco florentino.

Sua porta de bronze, que recria a imagem do Paraíso, é obra de Andréa Pisano e Lorenzo Ghiberti. Inúmeras obras encontradas na catedral, no campanário e no batistério, foram guardadas no museu de Duomo.

Outros lugares que devem ser visitados no bairro são a galeria dell’Accademia, que possui o original do “Seqüestro de Sabinas”, de Juan Bologna, e o famoso Davi de Michelangelo. Outro lugar interessante é o palácio do Médici Riccardi e a basílica de San Lorenzo, onde se podem observar as capelas de Médici com os túmulos da família. Vale a pena visitar a biblioteca pública da Renascença no convento de São Marcos, e o museu da universidade de Florença, fundado pelo Médici.

Piazza Della Signora, no bairro de Santa Croce, fica em frente ao palácio de Vecchio e a Galeria de Ofícios. O palácio de Vecchio foi criado em 1299 como residência das diretoras do convento, por Arnoldo Di Cambio. A belíssima torre de 94m de altura foi construída mais tarde. Em seu interior fica “O Salão dos Quinhentos”, o gabinete de Francisco I, a Sala dos Elementos e a Sala de Gigli.
Na Piazza Della Signora há um dos melhores exemplos de arte gótica: Loggia dei Lanzi. Entre os trabalhos encontrados nesse terraço construído no final do século XIV, o visitante encontra a Perseo de Cellini e uma cópia do “Seqüestro de Sabinas” de Juan Bologna, já que o original fica da galeria da Academia.

A Galeria dos Escritórios, um dos maiores museus da Itália, foi fundado por Francisco I de Médici. O prédio tem dois pesos: o superior, construído em puro estilo neoclássico, e o inferior, com uma galeria com estátuas de personagens ilustres. Para evitar ao Médici a caminhada pela praça para entrar na galeria, foi criado um corredor conhecido como “Vasario”, que une a galeria com o palácio Pitti, lar da influente família. Pelo corredor, que também leva a Ponte Vecchio, a mais antiga ponte de Florença, foram colocados uma série de retratos dos Medicis.

A galeria conserva obras originais de pintores italianos do século XIII como Giotto, Boticelli, Leonardo, Rubens, Raphael e Caravaggio. Outros lugares interessantes são a Basílica Francesa de Santa Croce e a capela de Pazzi, de Brunelleschi.

O bairro de Santo Spirito, situado do outro lado do rio Arno, tem esse nome devido a igreja criada por Brunelleschi, uma das mais belas da Renascença. Outros lugares que merecem a visita são, a capela de Brancacce, localizada dentro da igreja de Santa Maria do Carmim, famosa mundialmente por conter afrescos de Masaccio; e o palácio Pitti, com a galeria Palatina, que guarda obras de arte dos séculos XV a XVIII. Não se pode esquecer da Piazza Michelangelo, com cópias de Davi e das quarto estátuas dos túmulos dos Médici; e o museu de Bardini, que hospeda um acervo de objetos deixados como herança a cidade pelo antiquário de Bardini.

Fonte: www.sprachcaffe-italien.com