Ilhas Gregas

O objetivo do ranking é oferecer uma forma rápida e dinâmica de avaliação e comparação das características turísticas das ilhas. Para tanto, foram divididas por região em 7 grupos e atribuídas notas de 0 a 10 para cada um dos tópicos que julgamos serem os mais importantes no planejamento do roteiro.

As notas são observações pessoais do autor, considerando os períodos do final de abril ao início de julho e setembro-outubro. Durante a alta temporada de verão (julho e agosto), as ilhas tem características diferentes pelo excesso de turistas, assim como no inverno, as mesmas são mais vazias, com vida própria local, número muito limitado de barcos, de hotéis e restaurantes abertos. Nos dois casos, as notas podem apresentar distorções.

A avaliação da "Facilidade de acesso à ilha por mar" leva em conta as conexões de barcos entre as ilhas de um mesmo grupo e as que partem de um dos portos de Atenas (Pireus, Rafina ou Lavrio).

Em algumas ilhas, onde não há carros para alugar, podem existir motos de aluguel. Entretanto, recomendamos muito cuidado ao dirigir motos, pois nem todas as estradas apresentam boas condições. É freqüente encontrar-se nas ilhas turistas acidentados com motocicleta.

A avaliação da "Beleza da cidade" foi feita baseada na cidade mais típica ou charmosa da ilha e não, obrigatoriamente, da cidade principal. Nestes casos a cidade em questão é citada na tabela.

Em "Hotelaria", a nota atribuída levou em conta, não só a quantidade e qualidade dos hotéis, mas também dos "Domatio" (quartos para alugar), considerada uma opção mais barata e algumas vezes até melhor. De maneira geral, os "Domatio" são construções cuidadas pelos próprios donos, moradores das ilhas, com poucos quartos, mas que incluem banheiro, ar condicionado, TV e cozinha completa.

Em "Facilidade de acesso às praias" levou-se em consideração o estado das estradas, que levam às mesmas, e a facilidade de acesso às praias por barcos, que transportam passageiros, para praias onde não é possível chegar de automóvel.

Considerei praias isoladas não obrigatoriamente aquelas distantes ou de difícil acesso, mas sim pequenas praias sem infra-estrutura (bares, tavernas, aluguéis de cadeira e guarda-sol).

         ILHAS CICLADES :

           AMORGOS - ANAFI - ANDROS - ANTIPAROS - DONOUSSA - FOLEGANDROS - IOS - IRAKLIA - TZIA (KEA) - KIMOLOS - KOUFONISSIA -
           KYTHNOS - MILOS - MYKONOS - NAXOS - PAROS - SANTORINI - SCHINOUSSA - SERIFOS - SIFNOS - SIKINOS - SYROS - TINOS
 
         ILHAS DO DODECANESO :
 
           ASTIPALEA - KALYMNOS - KARPATHOS - KASSOS - KASTELORIZO - KOS -
           LEROS - LIPSI - NISYROS - PATMOS - RODES - SYMI - TILOS - XALKI
 
         CRETA :
 
           CRETA
 
         ILHAS DO MAR JÔNICO :
 
           ANTIPAXOS - CORFU (KERKYRA) - ITHAKA - KEFALONIA - LEFKADA - PAXOS - ZAKINTHOS
 
         ÉVIA E ILHAS SPORADES :
 
           ÉVIA - ALONISSOS - SKIATHOS - SKOPELOS - SKYROS
 
         ILHAS DO NORDESTE DO MAR EGEU :
 
           FOURNI - IKARIA - LESVOS - LIMNOS - OINOUSSES - PSARA - SAMOS - SAMOTHRAKI - THASSOS - XIOS
 
         ILHAS DO GOLFO ARGO-SARÔNICO E PELOPONESO :
 
           ANGISTRI - EGINA - ELAFONISSOS - YDRA - KITHERA - POROS - SPETSES

 

NAS  ILHAS

1. Sinta o cheiro de tudo por onde passar. O aroma é a característica mais típica da Grécia. Em qualquer lugar de uma ilha, note o perfume do manjericão, do orégano, dos figos, do tomilho, etc....

2. Assistir a um casamento grego em alguma ilha e seguir a procissão que se dá após a cerimônia, com música ao vivo, pelas ruas da ilha.


3. Tomar um café da manhã em Imerovigli ou Firostefani apreciando o brilho das águas do Egeu, ao som de música clássica (Santorini).

4. Almoçar ou tomar um drink em um dos restaurantes ou bares de Fira (Santorini) apreciando a imensidão do azul do mar.

5. Ver um pôr-do-sol em Imerovigli ou em Oia (Santorini).

6. Após o pôr-do-sol um jantar a dois, bem romântico, em Santorini.

7. Experimentar o Rakomelo (Rakí quente com mel) e degustar vinhos gregos em Folegandros.

8. "Ouvir" o silêncio, delicioso e repousante, que reina à tarde, sentado em uma das praças de Folegandros.

 
9. Percorrer todas as lindas praias de Milos.

 10. Comer um saganaki (queijo frito a milanesa temperado com limão) em bandeja de prata, acompanhado de um aperitivo ou, se preferir champagne servida dentro do mar, na praia Psarou (Mykonos).
 
11. Ver o pôr-do-sol sentado na janela do Bar Montparnasse, na Little Venice, em Mykonos.

 
12. Tomar um drink sentado no balcão do Lotus Bar em Mykonos batendo um bom papo com o Giorgos.

13. Ver o pôr-do-sol em algum bar com música clássica em Parikia (Paros).

14. Tomar um ouzo e degustar ouriços do mar, ouvindo a maravilhosa seleção musical do Athanassios, no bar The Flaming Greek em Naoussa (Paros).

 The Flaming Greek bar, Naoussa (Paros)

15. Andar de ponta a ponta a pequena ilha de Koufonissi passando por uma sequência de praias belíssimas.

16. A tarde relaxar nas encostas das muralhas do Kastro e em noite de lua cheia apreciar a pequena igreja do Monastério Xrisopigi em Sifnos.

 17. Jantar debaixo das flores na Odos Kuparissou Stefanou, em Syros


18. Nadar nas águas cristalinas da praia do Navagio (Zakinthos).

19. Tomar uma cerveja bem gelada no final da tarde na deliciosa cidade de Lakka, em Paxos.

 20. Jantar no porto de Myrina (Limnos) apreciando o castelo iluminado e tomando vinho branco local.

 
21. Passear pelas ruas de Lindos (Rodes) no início da noite.

22. Visitar, pela manhã, a Gruta Azul e depois relaxar no mar diante da linda paisagem que são as casas de Kastelorizo (Megisti). À noite, tomar um drink no bar Meltemi antes de jantar em uma das deliciosas tavernas de peixe à beira-mar.

23. Ouvir música ao vivo nos bares Meltemi e Amin e a deliciosa seleção musical no bar The Rocks em Lipsi.

24. Explorar todas as maravilhosas praias de Karpathos e depois ir à cidade de Olympos comprar uma vestimenta típica da ilha. Se tiver sorte de encontrar uma festa na cidade, verá as mulheres da ilha vestidas com roupas tradicionais e preparando em fornos a lenha enormes pães que serão servidos na festa. O cheiro dos pães é inesquecível !!!

25. Acomodar-se numa boa varanda e preparar mezédes com Ouzo no final da tarde, esperando o espetáculo que é o pôr-do-sol na cidade de Mandraki, em Nisyros, com o mar batendo contra os muros da cidade, formando um colorido maravilhoso que contrasta com o brilho do sol no mar.

 
26. Jantar no Porto Velho da Ilha de Spetses e voltar de charrete para o centro (Porto Novo).


27. Passear no calçadão ao entardecer e depois tomar um ouzo sentado na calçada, apreciando o pôr-do-sol em Agistri. Complemente seu final de tarde comendo um doce na confeitaria da cidade, uma das mais belas do mundo, com seus produtos típicos e artesanais.