Turismo Adaptado - Acessibilidade

Normas Brasileiras de Acessibilidades

 

As normas de acessibilidade que se encontram prontas junto a ABNT, são:

 

NBR-9050

-

Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiência a edificações, espaço, mobiliário e equipamento urbano.
NBR-13994

-

Elevadores para transporte de pessoas portadora de deficiência.
NBR-14020

-

Transporte - Acessibilidade à pessoa portadora de deficiência - Trem de longo percurso.
NBR-14021

-

Transporte - Acessibilidade à pessoa portadora de deficiência - Trem metropolitano.
NBR-14022

-

Transporte - Acessibilidade à pessoa portadora de deficiência em ônibus e trólebus, para atendimento urbano e intermunicipal.
NBR-14273

-

Acessibilidade de pessoa portadora de deficiência no transporte aéreo comercial.
NBR-14970-1

-

Acessibilidade em veículos automotores - Parte I - Requisitos de dirigibilidade.
NBR-14970-2

-

Acessibilidade em veículos automotores - Parte II - Diretrizes para avaliação clínica de condutor em mobilidade reduzida.
NBR-14970-3

-

Acessibilidade em veículos automotores - Parte III - Diretrizes para avaliaçãi da dirigibilidade do condutor em mobilidade reduzida em veículo automotor apropriado.
NBR-15250

-

Acessibilidade em caixa de auto-atendimento bancário.
NBR-15290

-

Acessibilidade em Comunicação na Televisão.
NBR-15320

-

Acessibilidade à pessoa com deficiência no transporte rodoviário.
NBR-14022:2006

-

Acessibilidade em veículos de características urbanas para o transporte coletivo.
NBR-15450-2006

-

Acessibilidade de passageiros no sistema de transporte aquaviário.
NBR-15570

-

Transporte - Especificações técnicas para fabricação de veículos de características urbanaspara transporte coletivo de passageiros.
NBR-15646

-

Acessibilidade - Plataforma elevatória veiculare rampa de acesso veicular para acessibilidade em veículos com característicasurbanaspara o transporte coletivo de pasageiros - Requisitos de desempenho, projeto, instalação e manutenção.

 

Turismo Adaptado ..... Um caminho divertido e seguro para o turista especial !!
Este espaço é dedicado a Matérias focadas em turismo adaptado, aqui disponibilizaremos dicas e informações voltada a este seguimento.
 
Para muitos, a delícia de viajar vale qualquer sacrifício, mas os obstáculos no caminho dos turistas deficientes físicos continuam muito presentes no século 21. Apesar do franco crescimento do mercado voltado a esse público, como confirmam os empresários do ramo, a falta de treinamento e de adaptação das estruturas de hospedagem ainda são realidade e refreiam os ímpetos de quem quer conhecer o mundo a bordo de uma cadeira de rodas.
Nos cruzeiros que passam pela costa brasileira, por exemplo, os navios têm em média quatro cabines adaptadas, mas as operadoras abrem a venda para passageiros comuns. Ou seja, não se importam. Quando consultamos, elas já estão ocupadas”
Por se tratar de uma fatia bastante expressiva do mercado, certas operadoras e agência estão procurando atender da melhor maneira esta clientela.
9/5/2005 - Sammya Araújo
 

 


Empresa Especializada em Turismo Adaptado:

A Turismo Adaptado é uma organização que trabalha para a acessibilidade e inclusão das pessoas com deficiência e mobilidade no lazer e turismo. Um enfoque um pouco segmentado, pois mesmo assim o campo de trabalho é enorme, mas o objetivo maior é o turismo para todos.

 

Quem lidera essa organização como Diretor é Ricardo Shimosakai, Bacharel em Turismo pela Universidade Anhembi Morumbi/ Laureate International Universities e atua desde 2004 no segmento de Turismo Acessível. Também atua como Coordenador da Freeway Acessível. Membro do Centro de Vida Independente Araci Nallin, Brazilian Adventure Society, SATH (Society for Accessible Travel and Hospitality) e ENAT (European Network for Accessible Tourism). Ricardo Shimosakai depois de ter levado um tiro em 2001 num sequestro relâmpago queria retornar à suas viagens que sempre lhe trouxeram muito momentos de prazer. A partir daí começou sua luta, e a vontade de espalhar esse prazer a todos.

 

 

 

Como a informação é uma das coisas que julgamos mais importantes, também publicamos matérias para as revistas Sentidos e Reação, em mídias digitais como o Blog Turismo Adaptado, Diário do Turismo, EcoViagem, Inclusive, twitter @turismoadaptado, comunidade Orkut, facebook, YouTube e flickr. Também através de palestras e cursos, conseguimos passar o conhecimento de uma forma mais dinâmica. Todos esses canais de informação são ferramentas poderosas para poder passar a emoção de desfrutar os prazeres relacionados ao lazer e turismo. Com o crescente número de estudantes interessados em realizar trabalhos acadêmicos e também de profissionais a procura de mais conhecimento nesta área, reunimos diversos materiais entre matérias, vídeos, fotos, áudios e apresentações entre outros, num livro digital com o título “Acessibilidade e Inclusão no Turismo”. Consideramos que experiências são coisas que guardamos para o resto de nossas vidas, ao contrário de objetos que se desgastam e se perdem, e depois de um tempo nem lembramos mais que eles existiram.

 

 

 

Estar atualizado com as novidades e tendências de tudo o que acontece em relação ao turismo e ao movimento de pessoas com deficiência no Brasil e no mundo, dão a qualidade de nossos serviços. Agora também estamos atuando como uma agência de viagens para todos, comercializando passagens aéreas, reservas em hotéis, seguro de viagem, além de pacotes turísticos para todos os gostos e necessidades, com o diferencial que somos os únicos no Brasil a ter todos os serviços citados com um atendimento exclusivo a pessoa com deficiência. Conhecer a magia da Disney, esquiar em Bariloche, ver paris do alto da Torre Eiffel ou mergulhar em Fernando de Noronha, são sonhos de pessoas com ou sem deficiência que ajudamos a realizar.

 

Para que o mercado esteja adequado a esse segmento de público, prestamos consultoria a empresas para que as questões de acessibilidade e inclusão sejam feitas da melhor forma possível. As empresas precisam consultar especialistas na área, pois é muito comum encontrar serviços feitos sem conhecimento, que acabam por ter um custo alto com um baixo resultado. É um costume semelhante ao se dirigir à farmácia para se auto-medicar, porém as conseqüências podem ser bastante desagradáveis. Mas casos reais mostram que implantar acessibilidade de uma maneira programada, traz um retorno financeiro e de imagem muito significativos.

 

O turismo não é só viagem, mas um campo muito grande que envolve eventos, lazer, transporte, esporte e aventura, entre outros. Então também trabalhamos para que o tenhamos um atendimento digno em aeroportos quando formos embarcar para aquele destino tão sonhado, que os cinemas tenham espaços reservados para assistirmos o filme na companhia de nossos amigos, e que consigamos alcançar a queda daquela cachoeira maravilhosa no meio da natureza exuberante. Tudo isso faz parte do lado alegre de nossas vidas, onde todos querem estar e desfrutar desses e de outros inúmeros prazeres. Todos temos esse direito, mas infelizmente ainda somente alguns nos proporcionam isso. Porém estamos aqui para atuarmos como agentes de transformação, pois não queremos ser exclusivos, mas sim multiplicadores. Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

 

Ricardo Shimosakai – Turismo Adaptado

www.turismoadaptado.zip.net– ricardo36@gmail.com

twitter, orkut e YouTube - procure turismoadaptado
Turismo Adaptado - Agente de Viagens e Consultor de Turismo
Cel: 55(11) 9854-1478 - Tel: 55(11) 3846-6333

São Paulo/SP – Brasil

Turismo para todos

Será lançado, no dia 30 de março, um guia brasileiro de turismo e cultura para portadores de deficiência física. O conteúdo do material é inédito e foi baseado na experiência dos próprios cadeirantes

 

Andrea Schwarz é empresária e portadora de deficiência física. Paraplégica há 10 anos, ela publicou em 2001 um guia paulistano de turismo para deficientes, baseado em sua experiência pessoal – ela percorreu, durante dois anos, dois mil estabelecimentos da cidade. A ideia deu tão certo que a empresária está lançando, agora, uma edição nacional da publicação. 

O “Guia Brasil para Todos – Um Roteiro Turístico e Cultural para Pessoas com Deficiência” lista e avalia a acessibilidade dos pontos turísticos, hotéis e restaurantes de dez capitais brasileiras – entre elas, São Paulo, Recife e Manaus –, a partir do ponto de vista dos próprios cadeirantes. Cada um deles visitou, em companhia de um jornalista, os estabelecimentos de uma capital diferente, fazendo avaliações e sugestões particulares dos lugares. 

Essa é a primeira publicação de turismo destinada à deficientes físicos. Por isso, muito além de orientar os cadeirantes em seus momentos de lazer, a autora pretende criar um debate público sobre a acessibilidade dessas pessoas no país. A atitude é válida e de grande importância, já que, segundo dados do IBGE, 14,5% da população brasileira é deficiente. 

O guia será distribuído, gratuitamente, na maior feira de reabilitação do país, chamada Reatech. Além disso, o material estará disponível para download no site da publicação, depois do lançamento oficial, que acontece no dia 30 de março.


 

Legislação Nacional

• NBR13994 -  Elevadores de Passageiros – Elevadores para Transportes de Pessoa Portadora de Deficiência

• NBR9050 - Acessibilidade a Edificações Mobiliário, Espaços e Equipamentos Urbanos

• NBR14020 - Acessibilidade a Pessoa Portadora de Deficiência – Trem de Longo Percurso

• NBR14021- Acessibilidade a Pessoa Portadora de Deficiência – Trem Metropolitano

• NBR14021 - Transporte - Acessibilidade no sistema de trem urbano ou metropolitano 2ª Edição

• NBR14022 - Acessibilidade a Pessoa Portadora de Deficiência em Ônibus e Trólebus para Atendimento Urbano e Intermunicipal

• NBR14273 - Acessibilidade a Pessoa Portadora de Deficiência no Transporte Aéreo Comercial

• NBR14970-1 - Acessibilidade em veículos automotores - Requisitos de dirigibilidade 

• NBR14970-2 - Acessibilidade em Veículos Automotores - Diretrizes para avaliação clínica de condutor com mobilidade reduzida 

• NBR14970-3 - Acessibilidade em Veículos Automotores - Diretrizes para avaliação da dirigibilidade do condutor com mobilidade reduzida em veículo automotor apropriado 

• NBR15250 - Acessibilidade em caixa de auto atendimento bancário


 
Escreva sua dica, sugestão ou matéria e envie paraveronicanicoletti@tudodeturismo.com.br