Super Dicas para Agentes de Viagens

O agente de viagens é o profissional que atende o turista para a montagem de pacotes de viagem personalizados, para a emissão de passagens e para a reserva de hotéis e passeios para seus clientes. Ele utiliza de todo seu conhecimento e parcerias com os fornecedores para propor as melhores opções de passeio para seu cliente.

O agente de viagem pode trabalhar dentro de uma agência de viagens ou de forma independente. Quando trabalha dentro de uma agência de viagens pode também ser chamado de operador de viagem, atendente de viagem ou recepcionista de agência. Todos eles fazem a venda de pacotes para seus clientes.

Quando trabalha de forma autônoma, o agente de viagens tem total autonomia sobre o seu trabalho, montando pacotes de acordo com seu conhecimento e experiência. Quando trabalha em agência, a autonomia pode ficar limitada a vender os pacotes somente da agência que tem acordos com os fornecedores para vender aqueles pacotes. Ou então por serem intimados a vender passagens aéreas de cias específicas para atingir metas de vendas que existem dentro das próprias agências. Nesse caso, ele poderá vender pacotes mais caros ou menos interessantes para os turistas e vale o recado para os turistas ficarem atentos a esse movimento.

Remuneração do agente de viagens

O agente de viagens quando trabalha de forma independente tem remuneração salarial de acordo com suas vendas. Ele ganha comissão das cias aéreas através das passagens, comissão dos hotéis e pousadas na reserva de quartos, comissão na venda de passeios e ingressos de parques, assim como ganha outros tipos de comissão na venda de pacotes turísticos. O agente de viagens independente também pode cobrar uma taxa pela prestação do serviço indiferente a comissão, uma prática que vem se mostrando cada vez mais recorrente dada a diminuição das comissões dos fornecedores.

Quando o agente de viagens de viagens trabalha dentro de agência, muitas vezes ele vem com salário fixo e tem remuneração variada de acordo com o atingimento de metas, tal qual como se fosse um vendedor de lojas.

Os salários médios iniciam geralmente na faixa de R$ 1.000,00 e vão aumentando de acordo com o nível e experiência do profissional, de acordo com o grau de formação, de acordo com o aumento de responsabilidades na função, assim como de acordo com o número de parcerias próprias com fornecedores.

Uma parte bacana da profissão agente de viagens é que ele muitas vezes é convidado pelos hotéis e resorts para conhecer seus estabelecimentos e ter mais propriedade na hora da venda. Então não é incomum ver agentes de viagem viajando de graça para dentro e fora do país. Muitas dos prêmios por metas atingidas também são viagens para os lugares turísticos, o que aumenta a empolgação e disposição de vendas do agente para quem fornece premiações.

Carreira do agente de viagens

Existe uma carreira bem definida a ser trilhada pelo agente de viagens que trabalha em grandes agências de viagem caso queira seguir carreira na função:

  • Assistente de agência de turismo
  • Agente de agência de turismo
  • Analista de agência de turismo
  • Supervisor de agência de turismo
  • Gerente de agência de turismo

Para começar na carreira de agente de viagens, o mais indicado é começar fazendo um curso de capacitação profissional que pode ser feito através de cursos técnicos profissionalizantes ou através de uma faculdade de turismo.

É importante para o agente de viagem ter bons conhecimentos de geografia, facilidade de comunicação, poder de persuasão para as vendas, flexibilidade para a montagem de várias opções de roteiros e boa memorização para guardar códigos de aeroportos para executar comandos em sistemas GDS ou conhecer o alfabeto internacional fonético.

FONTE: vidadeturista.com

Dicas para agentes de viagens novatos.

1 - Detone no básico
"A coisa mais básica é a comunicação. Sempre falei: 'quem atende ao cliente a tempo ou responde e-mail com informações claras geralmente sai ganhando'. Indo direto ao ponto, seja claro, profissional, mantenha a pessoalidade, não prometa muito e entregue muito mais. Crie seu próprio esquema de organização e assim você ficará entre os melhores projetos ligados aos clientes. Se você começar a desenvolver isso cedo, terá ganhos de produtividade conforme o negócio avança. Jamais ignore seus clientes. Fique atento a cada detalhe e não pense que tudo vai se resolver para o cliente, a menos que você tenha escrito isso. Escreva tudo."

- Andi Mysza, presidente da MTravel.

2 - Aprenda a fazer laços
"Fazer networkingé uma habilidade. Seja acessível. Conecte-se com o máximo de pessoas que você puder para aumentar sua base. Fique próximo dos programas das Câmaras de Comércio - troque cartões no "clube" local ao mesmo tempo que estiver antenado quanto aos serviços e tenha as vendas sempre em mente."

- Kathryn Mazza-Burney, VP de vendas globais da Travel Savers

3 - Foque em alguma especialidade
"Quando você começa algo, tem de focar o máximo possível. Selecione um produto que você possa estudar até se tornar especialista nele. Isso vai te diferenciar da concorrência. Tire vantagem das taxas dos agentes de viagens, famtrips e etc. A melhor forma de vender é experimentando o produto e compartilhando as experiências com os clientes. Eles reconhecerão a apreciarão a sua 'paixão' por aquele produto."

- Debbie Fiorino, vice-presidente sênior da Cruise One/Dream Vacations

4 - Aproveite os treinamento
"Treine e faça coachingo quanto antes em sua carreira. Assista a programas relacionados à profissão e também voltados a empresas. É um bom jeito de entrar no clima, aprender sobre as ferramentas de vendas e produtos, além de construir uma rede profissional para si."

- Kimberly Wilson Wetty, Valerie Wilson Travel

5 - Fale sobre o que é importante com os clientes
"Saber quais suas habilidades na hora de vender é fundamental. É preciso construir um relacionamento e saber conversar. A sondagem sobre as necessidades e os desejos do cliente é feita por meio de perguntas abertas, que vão fechando o foco. Se você esperar que eles façam perguntas, vai perdê-los. Peça para que descrevam suas últimas férias, digam o que gostaram e não gostaram."

- Elaine San Juan, diretora da Worldview Travel para a região Oeste dos Estados Unidos

6 - Tenha certeza da sintonia
"Saber o que seu cliente quer e precisa não é tudo. Você precisa ter certeza de que está fazendo as recomendações pertinentes. Lembre-se que esta é uma relação de negócios e seu cliente é o principal ativo. Não encare reservas como transações. Elas são a chance de se construir um relacionamento que pode resultar em reservas futuras e referências."

– Jackie Friedman, presidente da Nexion

7 - Crie sua identidade de marca
"Crie sua própria marca pessoal. Assim as pessoas começarão a reconhecer você nos planejamentos de viagens de férias. Mostre seus valores e por que alguém faria reservas com você e não com outra pessoa. Mostre isso a sua base de clientes. Essa é a melhor forma de se envolver com eles."

- Debbie Fiorino, vice-presidente sênior da Cruise One/Dream Vacations

8 - Use a tecnologia com criatividade
"Uma das qualidades mais importantes de um agente de viagens de sucesso é a capacidade de adaptar as novas tecnologias de forma criativa, sem perder o toque pessoal. Há formas criativas de usar recursos e ainda assim manter proximidade com seus clientes."

- Claire Bennett, vice-presidente da American Express Travel

FONTE: PANROTAS